Notícias

Voltar

Em visita a Pernambuco, auxiliar da Presidência do CNJ aborda questão de detentas

Magistrados e servidores reunidos lado a lado no Gabinete da Presidência do TJPE

Equipes do TJPE e do CNJ reunidas no Palácio da Justiça

Auxiliar da Presidência do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a juíza Andremara dos Santos esteve em Pernambuco, no fim de fevereiro, para inspeção de unidade prisional feminina com foco na situação de detentas grávidas, lactantes e com recém-nascidos. Pelo Judiciário estadual, a magistrada contou com o apoio dos desembargadores Mauro Alencar e Daisy Andrade, além de juízes criminais e de execuções penais, durante atividades na capital pernambucana. Acompanhada da assessora da Presidência do CNJ, Luísa Cruz, ela também foi recebida pelo presidente do Tribunal (TJPE), desembargador Adalberto de Oliveira Melo, no Palácio da Justiça. Confira mais fotos no álbum do TJ pernambucano no Flickr.

“O objetivo da visita foi verificar a situação em que estão as presas grávidas e lactantes, isso para fins de complementar as informações do cadastro nacional de presas grávidas e lactantes, que foi criado por determinação da ministra Cármen Lúcia. A avaliação que faço – e essa ação é dentro da política judiciária nacional de enfrentamento à violência contra a mulher, uma violência institucional para além da violência doméstica e familiar contra a mulher – é que, do ponto de vista do Poder Judiciário, em Pernambuco, nós temos a instituição empenhada em resolver a questão, em adaptar, em dotar o grupo de monitoramento de estrutura suficiente para o acompanhamento da situação”, declarou a juíza Andremara dos Santos. 
....................................................................................................
Texto: Francisco Shimada | Ascom TJPE
Fotos: Anderson Freitas | Agência Rodrigo Moreira