Notícias

Voltar

“Fale com a Corregedora” reúne juízes de todo Estado no Fórum Rodolfo Aureliano

"Somos um espelho social, (...) a partir da nossa posse nós carregamos, inseparavelmente da nossa imagem, a imagem da instituição do Judiciário", afirmou Ministra em seu discurso

 

Aconteceu, em 20 de julho de 2015, no auditório do Fórum Rodolfo Aureliano, o encontro da Ministra Fátima Nancy Andrighi com os juízes de primeiro grau do Tribunal de Justiça de Pernambuco. A reunião foi aberta pelo Desembargador Corregedor Geral de Justiça Eduardo Paurá, que saudou a Ministra e fez um breve resumo de sua trajetória até chegar ao cargo de Ministra Corregedora do CNJ. A ministra Andrighi, por sua vez, destacou a relevância do Judiciário pernambucano no cenário nacional, e o pionerismo do TJPE em alguns momentos da história.

Em seu discurso de abertura, a ministra, juíza de carreira do TJRS e TJDFT,  afirmou que tão importante quanto a ação punitiva da Corregedoria é o seu apoio ao magistrados em suas diversas funções já que "qualquer referência desairosa a um juiz atinge toda a magistratura nacional", e que cabe às Corregedorias e aos Tribunais dar condições para os magistrados desempenharem suas atribuições. Em sua exposição, presidente da AMEPE ratificou a importância do primeiro grau de jurisdição, onde tramitam 90% dos processos. Durante toda a reunião, os magistrados puderam expor sua realidade e sugerir melhorias, tendo a Ministra tomado nota de suas sugestões, se comprometendo a intermediar as questões pertinentes com Tribunal e Corregedoria.

 

Magistrados do 1º Grau participaram do projeto desenvolvido pela Corregedoria Nacional de Justiça

 

A reunião fez parte do programa "Fale com a Corregedora", do Conselho Nacional de Justiça, que busca estreitar os laços entre os juízes de primeiro grau e o órgão, conhecendo as realidades dos juízes de cada estado, suas sugestões para melhoria na prestação do serviços aos jurisdicionados e apresentando o que vem sendo feito pelo CNJ.

Em consonância com a Corregedoria Nacional da Justiça, a CGJ busca manter aberto o diálogo entre Corregedorias e juízes, buscando sempre melhorar as atividades jurisdicionais e os serviços extrajudiciais.

........................................................................................................................................................................

Texto: Redação | Ascom CGJ

Foto dos corregedores do TJPE e Nacional: Anderson Freitas | Agência Rodrigo Moreira

Foto dos Juízes com a Corregedora Nacional: Banco de Imagem do CNJ