Notícias

Voltar

Nova composição da Cojuri TJPE conta com os desembargadores Jovaldo Nunes, Fausto Campos e José Ivo Guimarães

Desembargador Jovaldo Nunes discursa para público

Desembargador Jovaldo Nunes discursa durante cerimônia de posse

Em cerimônia realizada no Gabinete da Presidência, na segunda-feira (5/3), os novos integrantes da Comissão de Organização Judiciária e de Regimento Interno (Cojuri) do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) tomaram posse. São eles, os desembargadores Jovaldo Nunes – novo presidente –, Fausto Campos e José Ivo Guimarães em substituição aos desembargadores Jones Figueirêdo, Evandro Magalhães e Patriota Malta. Dentre as atribuições da Comissão, estão o acompanhamento dos projetos de lei de interesse do Poder Judiciário em trâmite na Assembleia Legislativa de Pernambuco; a apresentação de minutas para aprimoramento da Organização Judiciária e do Regimento Interno; e a entrega de pareceres, emendas e substitutivos a todos os projetos de lei, normas internas e regimentais de iniciativa do Tribunal. Confira mais fotos no álbum do TJ pernambucano no Flickr.

“Agradeço a contribuição dos desembargadores Jones Figueirêdo, Evandro Magalhães e Patriota Malta à frente da Comissão nos últimos anos. Temos consciência dos desafios enfrentados e do caminho percorrido até hoje, na certeza de que a continuidade do trabalho e as novas conquistas serão possíveis graças à experiência adquirida e ao empenho dos novos integrantes do colegiado, os desembargadores Jovaldo Nunes, Fausto Campos e José Ivo Guimarães, além dos magistrados suplentes: Leopoldo Raposo, Alfredo Jambo e Jorge Américo. Quarto membro mais antigo da Corte Estadual, o desembargador Jovaldo possui apurado saber para presidir esta Comissão, ao lado dos experientes desembargadores Fausto e José Ivo. A importância da Cojuri se dá pela responsabilidade institucional de ser um instrumento de cooperação à Mesa Diretora desta Corte para o pleno funcionamento do Tribunal de Justiça”, declarou o desembargador-presidente Adalberto de Oliveira Melo.

Despedindo-se da função de presidente da Cojuri, o desembargador Jones Figueirêdo reiterou a importância da unidade. “Inicialmente agradeço os que, comigo, integraram a Comissão, os desembargadores Evandro Magalhães e Patriota Malta. Eu considero que, sem demérito das demais, a Comissão mais emblemática do TJPE é a Comissão de Justiça. Ela tem, sobretudo, a função de fiscalizar a normatização adequada à realidade legal e contribuir com a Presidência em sugestões para que o Judiciário assuma papel relevante”, destacou o decano do Tribunal, ao passar o cargo ao desembargador Jovaldo Nunes. 

Novo presidente da Cojuri, Jovaldo Nunes Gomes é desembargador do TJPE desde 2001, quando foi promovido ao cargo por merecimento. Natural da Paraíba, recebeu o título de Cidadão Pernambucano no mesmo ano da promoção. Bacharel em Direito, concluiu o curso na Faculdade de Olinda, em 1975, ingressando na magistratura em 1982. Atuou nas comarcas de Betânia, Riacho das Almas, Jaboatão dos Guararapes, Petrolina e Recife. Eleito por unanimidade, presidiu o Judiciário estadual no biênio 2012/2013. “Esta Comissão é um elo entre a Presidência e os demais integrantes da Corte. Não é uma atividade fácil, pelo trabalho técnico e político, mas o Tribunal tem demonstrações de união, fazendo justiça em todos os setores e com o apoio de todos”, afirmou o desembargador Jovaldo Nunes.
............................................................................................................
Texto: Francisco Shimada | Ascom TJPE
Fotos: Assis Lima | Ascom TJPE