Notícias

Voltar

1º Concurso Literário do TJPE premia 35 servidores

 
Entrega da premiação ocorreu nesta quarta (16/12) no Salão dos Passos Perdidos, no Palácio da Justiça, e foi prestigiada pelo presidente do TJPE, desembargador Frederico Neves
 
 
Os vencedores do 1º Concurso Literário de Contos e Poesias do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), promovido pela Secretaria de Gestão de Pessoas, foram conhecidos nesta quarta-feira (16/12), no Palácio da Justiça. Receberam premiação os 20 melhores trabalhos em cada categoria. Os 40 textos estão reunidos no livro "O Judiciário em Conto e Verso", lançado durante a cerimônia. Conquistaram o primeiro lugar as servidoras Eliene Souza Cavalcanti, com o poema "Desabafo", e Liliane Félix Valença Cintra, autora do conto "Conselhos de um Chapeleiro Maluco".
 
As placas e os livros foram entregues aos vencedores pelo presidente do TJPE, desembargador Frederico Neves, pelos desembargadores Antônio Carlos Alves da Silva e Antônio de Melo e Lima, pela juíza assessora especial da Presidência Mariana Vargas e pela secretária de Gestão de Pessoas do Tribunal, Rita Maciel Borges.
 
Ao todo, inscreveram-se 198 trabalhos, que foram examinados por banca composta pelo juiz Teodomiro Noronha Cardoso e pelas servidoras Cláudia Franco (SGP) e Sônia Bierbard (Cerimonial). Escritora e atriz há mais de 30 anos, Sônia Bierbard também realizou a abertura da cerimônia de premiação, ao recitar o poema "Os Ombros Suportam o Mundo", de Carlos Drummond de Andrade.
 
 
 
As servidoras Eliene de Souza Cavalcanti e Liliane Félix Valença Cintra obtiveram o primeiro lugar nas categorias Poesia e Conto, respectivamente
 
 
A primeira colocada na categoria Conto agradeceu pela realização do concurso e a oportunidade que foi dada aos servidores de publicar suas produções. "Como diz o personagem do meu conto: ‘Cada um tem sua língua própria e se expressa nela de si para si. É uma língua sem palavras, como música de violino'. Agradeço à organização do concurso pela oportunidade de mostrar um pouco desse idioma que me é interno e compartilhá-lo com vocês", disse Liliane Félix Valença Cintra.
 
Por sua vez, a vencedora na categoria Poesia acredita que o Poder Judiciário só tem a ganhar ao estimular outras habilidades de seus servidores. "A exemplo do concurso de fotografias e das olimpíadas do TJPE, iniciativas como o concurso literário permitem aos servidores e magistrados demonstrarem outros talentos que possuem, além dos necessários ao desempenho de suas funções cotidianas. Estou muito honrada por ter participado e pela premiação", afirmou Eliene de Souza Cavalcanti.
 
Para o presidente do Tribunal, ações como o Concurso Literário demonstram que o TJPE busca investir nos servidores e magistrados. "A partir da valorização das pessoas, a disposição para o trabalho melhora e, em consequência disso, o destinatário final do serviço judiciário acaba beneficiado. É isso que esta gestão tem feito ao longo dos últimos dois anos, porque prestigiar o servidor é prestigiar a própria instituição", afirmou.
 
A secretária de Gestão de Pessoas do TJPE destacou que o concurso proporcionou a descoberta de inúmeros talentos. "Se eu pudesse resumir tudo em uma única palavra, ela seria ‘orgulho'. Orgulho de fazer parte de uma instituição que protagoniza ações que oportunizam o despertar de talentos, orgulho da equipe que teve esta brilhante ideia e orgulho dos participantes, que nos presentearam com suas obras", parabenizou.
 
 
Lista de autores e obras que venceram o 1º Concurso Literário de Contos e Poesias do TJPE:
 
Poesia
 
1º "Desabafo", de Eliene de Souza Cavalcanti 
2º "Lágrima", de Lúcia Miriam da Silva Rodrigues
3º "Pequeno trecho de um rio", de Percilene Gonçalves de Sá Vieira
4º "Armadura", de Jair Rocha Ferreira Neto
5º "Carta ao Poeta", de Giuseppe Veras Mascena
6º "Seus olhos", de Maria Nilda de Lima Xavier Carvalho de Sá
7º "Marginal", de Fernando Antônio Sabino Cordeiro
8º "Ação de Inventário", de Geraldo Barbosa Andrade
9º "Equilíbro Distante (Animal desperto)", de André Marcos Silva
10º "Meu Sonho Vermelho", de Rodrigo Henrique Francisco da Silva
11º "Poema do amor completo", de Gizelly Monik Rocha Wanderley
12º "A Centelha Divina", de Mazio Ribeiro Souza
13º "Adoção", de Irisvaldo Pedro Santos
14º "Fala, criança autista", de Tânia Bechara Asfóra Galvão
15º "Digressões Abismáticas", de Raissa Teles Duarte Amorim
16º "Fresta no telhado", de Eliane Urbano dos Santos
17º "Negritude", de Clécia Firmino da Silva
18º "Solidão-Presença", de Edson  Eduardo Carneiro Rodrigues de Souza
19º "Injustiça", de Alexandre José de Almeida Silva
20º "Conjugando", de Ana Cláudia Nunis de Melo
 
Conto
 
1º "Conselhos de um Chapeleiro Maluco", de Liliane Felix Valença Cintra 
2º "A Escolha da Carreira", de Victor Camelo de Freitas Evangelista
3º "O relógio", de Vitor Neves Souza
4º "O único pedido", de Cristina Lôbo da Costa Carvalho de Sá Góes
5º "O bêbado e o equilibrista", de Dimitri Alexandre Bezerra Acioly
6º "O inventário de sonhos", de Alex Nicolas Sobral de Melo
7º "Um dia depois do outro", de Márcia Marina Azevedo Freitas
8º "Essência", de Eudes Cardozo da Silva Júnior
9º "O veículo", de Thomas Williams Macedo da Silva
10º "O homem de negócios e as gaivotas", de Edson Eduardo Carneiro Rodrigues de Souza
11º "Um homem, dois corações", de Rosângela Maria de Oliveira Ramos
12º "Seu Azevedo", de Ana Cláudia Nunis de Melo
13º "Amargo a 70", de Artur de Lima Barreto Lins
14º "Sawabona", de Adilson Severino da Silva
15º "L'amar", de Viviane Freitas Oliveira Asfora
16º "Dever cumprido", de Alina Eucaris de Vasconcelos
17º "À procura de um nariz perfeito", de Ridete Marçal de Barros
18º "O colecionador e a borboleta ", de Gizelly Monik Rocha Wanderley
19º "Pré-conceito", de Irisvaldo Pedro dos Santos
20º "Politicamente incorreto", de Raissa Teles Duarte Amorim
 
.....................................................................................................................................
 
Texto e fotos: Cláudia Vasconcelos | Ascom TJPE
 
Foto das primeiras colocadas: Andréa Pessoa | Navi SGP