Notícias Notícias

Voltar

2ª Vara da Mulher da Capital realiza ação durante a Semana da Justiça pela paz em casa

Mulheres utilizando máscara, uma ao lado da outra
Integrantes da 2ª Vara de Violência Doméstica e Familiar visitam o Serviço Wilma Lessa
 
Com foco na Semana da Justiça pela paz em casa, integrantes da equipe da 2ª Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da Capital realizaram uma visita institucional no Serviço Wilma Lessa, localizado no Hospital Agamenon Magalhães, no dia 26 de novembro. Na ocasião, as servidoras do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), a psicóloga Manuella Carrazzoni e a assistente social Ana Kelly Almeida, conversaram com a equipe técnica de saúde sobre o funcionamento do setor e de que forma o Judiciário estadual pode contribuir para a segurança e vida das mulheres atendidas. 
 
Neste semestre, por conta da pandemia, esta foi a segunda visita da equipe da 2ª Vara da Mulher da Capital. A primeira, aconteceu no Compaz Ariano Suassuna. O objetivo das visitas é fortalecer a rede de apoio às mulheres que são atendidas nesses locais, divulgando o trabalho da vara e, aprofundando assim, a articulação com os serviços de referência no atendimento às mulheres.
 
Para a magistrada da unidade, Marylúsia Feitosa, é muito importante participar de ações como essa, porque através da troca de conhecimento pode-se oferecer um serviço cada vez melhor. “Por conta da mudança física da nossa unidade, não tivemos como participar ainda mais da Semana da Justiça pela paz em casa. Mas em 2022, pretendemos ampliar nosso trabalho de visitas, que promovem a interação das equipes multidisciplinares e assim, podemos oferecer nossa colaboração direta para trabalhar junto com a rede de atendimento às mulheres, seja no município do Recife ou no Estado de Pernambuco”, destaca a juíza.
 
O serviço Wilma Lessa atende adolescentes meninas (a partir de 12 anos de idade), mulheres vítimas de violência sexual e pessoas trans com útero. O atendimento funciona 24 horas e conta com 21 profissionais entre médicos, enfermeiros, assistentes sociais e psicólogos. Entre os serviços oferecidos, estão previstos a profilaxia para as infecções sexualmente transmissíveis (IST’s) e o abortamento seguro, previsto em lei em caso de estupro. 
 
A 2ª Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da Capital mudou de endereço e agora funciona no 4º andar do Fórum Rodolfo Aureliano, Ala Norte (Verde), na Ilha Joana Bezerra. Outras informações pelos telefones (81) 3181-3274 (Secretaria) e 3181-3273 (Equipe Interdisciplinar).
...........................................................................
Texto: Priscilla Marques | Ascom TJPE
Foto: Divulgação