Notícias

Voltar

Abertas as inscrições para cerimônias de casamento coletivo do TJPE

Casal hétero no momento do sim

Casal no momento do "sim", durante primeira edição realizada na Casa do Bongi 

Estão abertas as inscrições para as cerimônias de casamento coletivo promovidas nas unidades do Bongi e do Coque da Casa de Justiça e Cidadania do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). O evento, que é organizado pelo Núcleo Permanente de Resolução de Conflitos (Nupemec), é gratuito e as vagas são limitadas.

Para a cerimônia da Casa de Justiça e Cidadania do Coque, as inscrições podem ser feitas até o dia 30 de abril, de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h, na unidade localizada na rua Cabo Eutrópio, 178, Ilha Joana Bezerra, no Recife. Para efetivar a participação, um dos interessados precisa ser morador dos bairros de São José, Ilha Joana Bezerra e Cabanga. O casamento será realizado no dia 30 de maio, às 10h, no auditório do 2º andar do Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano. Em sua oitava edição, a cerimônia será celebrada pela juíza Wilka Vilela. 

Casal homo no momento sim

Outro casal no momento do "sim", durante primeira edição realizada na Casa do Bongi

A segunda edição do casamento coletivo da Casa de Justiça e Cidadania do Bongi vai ocorrer em 24 de maio, em data que será posteriormente confirmada. As inscrições podem ser realizadas de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h, na rua Acajutiba, 43, bairro do Bongi, no Recife. O casamento, que também acontece no Fórum Rodolfo Aureliano, auditório do 2º andar, será celebrado pelo juiz Paulo Romero de Sá Araújo. 

Para inscrição, é necessária a apresentação dos seguintes documentos: cópias do RG e CPF e original da certidão de nascimento. Também é preciso apresentar os mesmos documentos de duas testemunhas. Aos divorciados é exigida a certidão original do divórcio. A participação é condicionada à apresentação do comprovante de residência, que ateste que pelo menos um dos noivos é morador da comunidade.

A Casa de Justiça e Cidadania do TJPE é uma unidade multifuncional que visa a promover ações voltadas à efetiva participação do cidadão e da comunidade na solução de seus problemas, além de aproximar o Poder Judiciário da sociedade. Na Região Metropolitana do Recife existem as unidades do Bongi, do Coque e do Núcleo de Prática Jurídica da Faculdade de Olinda (Focca), no bairro do Carmo. Também há unidades em Toritama e em Fernando de Noronha. O Núcleo de Apoio e Desenvolvimento das Casas da Justiça e Cidadania é vinculado ao Nupemec/TJPE.
.......................................................................................................
Texto: Marília Ferreira | Ascom TJPE
Fotos: Alesson Freitas | Agência Rodrigo Moreira