Últimas Notícias em destaque

Voltar

Academia Pernambucana de Letras Jurídicas lança publicações no Palácio da Justiça

capa do livro da APLJ com destaque para o numeral 40, que representa a idade da Academia
 
Na quarta-feira (9/11), às 17h30, o Salão Nobre do Palácio da Justiça, no Recife, recebe os lançamentos da Revista Nº 2 da Academia Pernambucana de Letras Jurídicas (APLJ) e do livro Garanhuns – Álbum do Novo Milênio (1811-2016). As obras têm a coordenação editorial do escritor e acadêmico Manoel Neto Teixeira.  A revista reúne textos sobre eventos, registro das posses de novos membros e artigos que abordam questões jurídicas; já o livro traz um apanhado de fatos relacionados a mais de 200 anos de história da cidade localizada no Agreste do Estado.
 
Meio Jurídico - Na Revista, dentre os textos catalogados, está o artigo "O direito à audição prévia e a impossibilidade de decisão surpresa como afloramento do princípio do contraditório (Uma nota de Direito Comparado)", escrito pelo ex-presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Frederico Neves. O magistrado é acadêmico da APLJ desde janeiro deste ano.
 
O decano do TJPE, desembargador Jones Figueirêdo, ocupante da cadeira 24 da Academia, participa da publicação com o artigo "Com denúncia-decência, mulher vitimizada fala em nome de quem silencia". O magistrado tem os artigos também publicados em jornal pernambucano e no site do Tribunal.
 
Além dos desembargadores Frederico Neves e Jones Figueirêdo, outros magistrados da Justiça estadual ocupam algumas das 50 cadeiras na Academia. São eles: desembargadores Jovaldo Nunes e Eduardo Sertório; desembargadores aposentados Helena Caúla Reis, Zamir Fernandes, José Napoleão Tavares de Oliveira, Gustavo Augusto Rodrigues de Lima, José Antônio Macedo Mallta, Nildo Nery, Arthur Pio e Etério Galvão; juízes Brasílio Guerra e Marupiraja Ramos Ribas; e juízes aposentados Carlos Pessanha e Jackson de Araújo.
 
Em trecho da apresentação da Revista, o secretário-geral da APLJ, Fernando José Pereira de Araújo, explica que a publicação de 120 páginas pretende "estimular ainda mais a reflexão sobre o Direito que passou; o que agora temos e, principalmente, o que queremos construir para o futuro". 
  
Serviço
 
Lançamento do Revista Nº 2 da Academia Pernambucana de Letras Jurídicas e do livro Garanhuns – Álbum do Novo Milênio (1811-2016), de Manoel Neto Teixeira
 
Dia: 9 de novembro, quarta-feira
Horário: a partir das 17h30
Local: Salão Nobre do Palácio da Justiça (2º andar)
Endereço: Rua do Imperador Dom Pedro II, s/n, bairro de Santo Antônio, Praça da República, no Recife
 
Notícia relacionada
 
..........................................................................................
Texto: Izabela Raposo | Ascom TJPE
Foto: Francisco Shimada | Ascom TJPE