Notícias

Voltar

Acusado de matar companheira é condenado a 23 anos de reclusão

O Conselho de Sentença decidiu pela condenação de Wellington Rodrigues de Araújo a 23 anos, noves meses e oito dias de reclusão. Ele é acusado de matar e ocultar o corpo de sua companheira Jacielma Vieira dos Santos. Presidido pelo juiz Luiz Carlos Vieira Figueiredo, o julgamento aconteceu nesta terça-feira (9/8), na 1ª Vara Criminal do Cabo de Santo Agostinho.
 
O réu foi condenado por homicídio qualificado – por usar recurso que impossibilitou a defesa da vítima - a 22 anos, dois meses e 23 dias de reclusão. E também pelo crime de ocultação de cadáver a um ano, seis meses e 15 dias de reclusão. A defesa recorreu em plenário. O réu foi reencaminhado para o Complexo Prisional do Curado, onde estava preso. 
 
Segundo a denúncia do Ministério Público de Pernambuco, no fim do mês de setembro de 2014, no interior de sua residência, situada na Rua 05, nº 46, no 1º andar, no Loteamento Ilha, em Pontes dos Carvalhos, Wellington Rodrigues de Araújo desferiu um golpe de faca contra o pescoço de sua companheira, Jacielma Vieira dos Santos, que faleceu em decorrência da lesão.  
 
Ainda de acordo com os autos, a fim de ocultar a prática do crime, o acusado enrolou o corpo de Jacielma com um tapete, colocou-o dentro de um tonel, cobriu com areia retirada do quintal e lacrou com silicone e arame. O corpo da vítima foi encontrado, no tonel, na área de serviço da residência, em março de 2015.
 
O Júri - A sessão teve início às 9h40 com o sorteio dos sete jurados que compuseram o Conselho de Sentença. Em seguida, houve a leitura da denúncia pelo juiz Luiz Carlos Vieira Figueiredo. Depois, o interrogatório do réu e a ouvida de três testemunhas, duas de acusação e uma de defesa. 
 
Na sequencia, começou o debate entre acusação e defesa. Por fim, os jurados recolheram-se em sala reservada para responder aos questionamentos e decidir se o réu seria condenado ou absolvido. Às 17h, o juiz prolatou a sentença.
 
Para consulta processual: NPU – 0001407-28.2015.8.17.0370
..................................................................................
Texto: Ivone Veloso  |  Ascom TJPE