Notícias

Voltar

Alunos do curso de Direito realizam visita técnica ao TJPE

 
O desembargador Jones Figueirêdo explicou o funcionamento do Tribunal, no Salão do Pleno
 
 
Estudantes do Curso de Direito da Faculdade Joaquim Nabuco estiveram presentes na tarde desta sexta-feira (17/4) no Palácio da Justiça com o objetivo de buscar um conhecimento mais detalhado sobre o funcionamento do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). A visita aconteceu no Salão do Pleno, das 13h às 17h.  Para os alunos foi apresentado o organograma do Judiciário estadual. A visita técnica foi organizada pelo assessor jurídico do Tribunal e professor de Direito Civil, Amaury Rocha, e contou com o apoio da Presidência do TJPE.
 
Participaram do encontro o decano e vice-presidente em exercício do Tribunal, desembargador Jones Figueiredo, a assessora especial da Presidência, juíza Ana Cláudia Brandão, o assessor especial da 1ª Vice-Presidência, juiz Demócrito Ramos Reinaldo Filho, a assessora especial da Corregedoria, juíza Virgínia Gondim Dantas, a chefe da Diretoria Cível, Lúcia Helena de Aquino, e a chefe do Núcleo Distribuição e Informações Processuais do 2º Grau, Aline Costa Romão.
 
A abertura do evento foi realizada pelo professor Amaury Rocha que agradeceu o apoio da Presidência do TJPE à visita e destacou a relevância da realização do encontro para a formação dos estudantes de Direito. "Além de enriquecer o estudo acadêmico, aproximando a prática do Judiciário à teoria do curso, a visita atende às diretrizes estabelecidas pela Meta 4 Conselho Nacional da Justiça (CNJ), a qual estabelece a implantação de pelo menos um programa de esclarecimento ao público sobre as funções, atividades e órgãos do Poder Judiciário em escolas públicas ou quaisquer espaços públicos", afirmou.
 
 
Estudantes da Faculdade Joaquim Nabuco conheceram como o Direito é aplicado
 
Em seguida, o desembargador Jones Figueiredo enfatizou que a visita dos estudantes reforça o exercício do verdadeiro papel do Tribunal, de promover uma jurisdição inclusiva, de servir ao cidadão. "O Tribunal foi inaugurado em 1822 com essa função e a modernidade da Justiça passa pela construção de profissionais com essa consciência de praticar a cidadania, de atender à população nas suas demandas mais prementes. É preciso que se conheça a estrutura de uma instituição que se supera diariamente para desenvolver um trabalho humano, ético, justo e abrangente", disse.
 
Após o discurso do desembargador, os juízes e os chefes presentes de cada setor especificaram o funcionamento das unidades em que atuam, revelando aos estudantes o significado de termos jurídicos, a realização do atendimento à população, as etapas da  tramitação processual e a hierarquia funcional dentro da estrutura do Judiciário.
 
Para o estudante  do 5º período de Direito da Faculdade Joaquim Nabuco, Ben Hur Marques Gomes da Silva, a visita foi uma ótima oportunidade para conhecer no próprio Tribunal de Justiça como o direito é aplicado. "O desenvolvimento do aluno não se restringe ao local de estudo, precisamos conhecer a prática do Judiciário e não há lugar mais apropriado do que o Salão do Pleno com a presença de magistrados e servidores com larga experiência nas suas funções", revelou.
 
...................................................................................
 
Texto: Ivone Veloso   |   Ascom TJPE
 
Fotos: Jair Alves | Agência Rodrigo Moreira