Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira
Voltar

Câmara Regional do TJPE em Caruaru terá sede própria

 
Presidente do TJPE, desembargador Leopoldo Raposo, recebeu escritura de terreno em reunião com o prefeito de Caruaru, José Queiroz
 
 
O Tribunal de Justiça de Pernambuco recebeu da Prefeitura de Caruaru a escritura de terreno para a construção da sede própria da 1ª Câmara Regional do Poder Judiciário do Estado. A entrega teve lugar na sala de monitoramento do município, na última sexta-feira (18/3), com a presença do presidente do TJPE, desembargador Leopoldo Raposo, do prefeito José Queiroz, do vice-prefeito Jorge Gomes, de desembargadores e secretários municipais.
 
Localizado no bairro Maurício de Nassau, o terreno que abrigará a Câmara Regional possui área de 4.532,7 m², próximo ao Fórum Juiz Demóstenes Batista Veras, onde a Justiça Estadual presta serviços do 1º Grau. Atualmente, os seis desembargadores que compõem o órgão colegiado do 2º Grau em Caruaru atuam em prédio cedido pela Prefeitura, onde funcionava a antiga Coletoria, no Centro da cidade.
 
Durante a assinatura da escritura, o presidente do Tribunal afirmou que a cessão do terreno demonstra o bom relacionamento institucional entre o Poder Judiciário do Estado de Pernambuco e o Executivo Municipal de Caruaru, em favor da melhoria da prestação do serviço à população. "Esta doação é, sem dúvida, decisiva para a construção da sede própria da Câmara Regional. Além disso, temos a programação de construir fóruns pelo interior de Pernambuco", acrescentou Leopoldo Raposo.
 
 
 
Cessão do terreno ocorreu em reunião que contou com a presença de desembargadores da Câmara Regional, de juízes, do vice-prefeito e de secretários do Executivo Municipal
 
 
José Queiroz lembrou que a sede própria da Câmara Regional integrará o Polo Jurídico da cidade, pois se instalará próximo ao Fórum e aos prédios do Ministério Público de Pernambuco e da Justiça Federal, representando mais comodidade para o jurisdicionado. "Entendemos que o objetivo comum das instituições é servir à coletividade", declarou o prefeito.
 
Prestigiaram a reunião os desembargadores da 1ª Câmara Regional do TJPE Fábio Eugênio de Oliveira Lima, Humberto Vasconcelos, José Ulisses Viana Filho, Sílvio Neves Baptista Filho e Waldemir Tavares; o presidente da Câmara de Vereadores de Caruaru, Leonardo Chaves; o juiz diretor do Foro do Recife, Mozart Valadares; o juiz assessor especial da Presidência do TJPE José Alberto Freitas; o diretor do Foro de Caruaru, juiz José Tadeu dos Passos; o juiz Gleydson Gleber de Lima Pinheiro, da Central de Agilização Processual da Capital; o secretário de Administração de Caruaru, Antonio Adenildo; o procurador geral do município, José Alfredo Beltrão de Oliveira Filho; e o tabelião do 3º Serviço Notarial e de Protestos de Caruaru, Carlos Toscano.
 
.....................................................................................................................
 
Texto: Cláudia Vasconcelos | Ascom TJPE
 
Fotos: Alesson Freitas | Agência Rodrigo Moreira
 
 
Data de publicação: 21/3/2016