Notícias Notícias

Voltar

Cejusc de Goiana promove evento conciliatório com processos cíveis e de família da Comarca de Carpina

Mulher de costas fala para um grupo de pessoas disposto em videoconferência

Ampliação do acesso à Justiça, pacificação social e celeridade processual. Com este objetivo, o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) de Goiana vai realizar a 2ª Pauta Concentrada de Sessões Virtuais de Conciliação de Processos Cíveis e de Família. O evento acontece a partir da próxima segunda-feira (29/11), seguindo até a sexta-feira (3/12), das 7h30 às 13h30, com a realização de audiências virtuais de conciliação que envolvem 51 processos originários da 3ª Vara Cível da comarca de Carpina.

A ação do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) é coordenada pelo Núcleo de Conciliação – Nupemec. As sessões de conciliação da 2ª Pauta Concentrada serão supervisionadas pelo coordenador do Cejusc de Goiana, juiz Marcos Garcez de Menezes Júnior, com apoio da titular da 3ª Vara Cível da Comarca de Carpina, juíza Mariana Vieira Sarmento.

O coordenador do Cejusc de Goiana, juiz Marcos Garcez, destaca que, dentre as sessões de conciliação virtuais que serão realizadas no evento, duas audiências referem-se a processos de divórcio, nos quais as partes autoras residem em Carpina, e os réus fora do Brasil - um deles em Angola, o outro em Portugal.

“Através da manutenção de contato prévio com os envolvidos, e esclarecimentos sobre as vantagens da conciliação como meio mais eficaz para a resolução dos conflitos, reduzimos o tempo de trâmite dos processos potencialmente conciliáveis entre distribuição, designação e realização da sessão, homologação do acordo e arquivamento processual. Com este padrão de trabalho e desempenho, o Cejusc de Goiana, em parceria com a 3ª Vara Cível de Carpina, apresenta ao jurisdicionado a possibilidade de cooperar e construir através da conciliação a solução mais eficaz e célere para solução do conflito contido nos processos, com a audição das partes, que dispensam deslocamento para comparecimento, podendo participar das sessões inclusive de outros países, através do aplicativos WhatsApp, com redução de custo e tempo do processo”, pontua o magistrado.

Os Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania são órgãos auxiliares das unidades jurisdicionais de 1º e 2º Graus do TJPE, que atuam promovendo a conciliação em processos que já tramitam na Justiça e, também, em demandas pré-processuais, que é quando os cidadãos buscam a solução dos seus problemas sem que para isso tenham um processo formal no Judiciário. A prioridade dos Cejusc’s é atender ao público com orientações jurídicas e oferecer vias consensuais para os seus conflitos, apresentando não apenas o benefício do acordo e o caminho conciliatório, mas também uma efetiva redução do tempo dos seus respectivos litígios.

Atualmente, o Judiciário estadual conta com 26 unidades de Cejuscs’, todos voltados para atender os cidadãos que optam pela conciliação como solução para os seus conflitos. Confira AQUI os telefones e e-mails de todos os Cejuscs do Estado. 

...................................................................

Texto: Micarla Xavier | Ascom TJPE
Imagem: iStock.