Notícias

Voltar

CNJ seleciona três projetos do TJPE para participar da Maratona PJe

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) selecionou três projetos do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) para participar da 1ª Maratona do Processo Judicial eletrônico (PJe). A competição, direcionada para profissionais da área de Tecnologia da Informação dos tribunais, tem por objetivo desenvolver melhorias para o PJe, software que permite o acompanhamento e o processamento das demandas em curso em todas as esferas do Judiciário brasileiro. No total, o CNJ selecionou 36 projetos de 14 tribunais brasileiros.
 
Os projetos do TJPE selecionados foram: "Sistema de Ajuizamento Eletrônico em Lote", "PJe Agenda", e "PJe Dash - Gestão à mão". As iniciativas buscam associar novas funcionalidades para a melhoria do software. Além dos três projetos selecionados, o TJPE também participará de mais dois projetos em parceria com outros Estados. (Conheça aqui os projetos selecionados )
 
Para a coordenadora do PJe, Ioná Mota, o desenvolvimento dos projetos pelos profissionais em Tecnologia da Informação do TJPE e a seleção dessas iniciativas pelo CNJ é importante para tornar realidade, em um futuro próximo, a utilização do Processo Judicial Eletrônico fora do âmbito judicial, facilitando a sua utilização por advogados, procuradores e magistrados em todo o país. "Precisávamos e sentíamos falta do desenvolvimento de ferramentas facilitadoras do uso do PJe, para ampliar a sua utilização e otimizá-la para um maior número de usuários", avalia.  
 
Segundo a secretária de Tecnologia da Informação e Comunicação do TJPE.  Juliana Neiva, desde a divulgação da Maratona do PJe pelo CNJ, ocorreu uma mobilização espontânea de vários servidores para o desenvolvimento de novas funcionalidades para o PJe. "Estas iniciativas demonstram o compromisso dos servidores da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação do TJPE com a evolução e a melhoria do sistema, sempre em parceria com o Conselho Nacional de Justiça. Estamos todos muito contentes com a seleção dos projetos e confiantes no sucesso deste trabalho que será desenvolvido por nossas equipes", afirma. 
 
Competição - Além dos projetos do TJPE, o CNJ selecionou trabalhos dos Tribunais de Justiça dos estados do Ceará, Bahia, Distrito Federal, Roraima, Rio Grande do Norte, Rondônia, Paraíba, e Rio Grande do Sul, dos Tribunais Regionais do Trabalho da 2ª, 13ª e 20ª Região, do Tribunal de Justiça Militar do Rio Grande do Sul e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
 
Nos dias 28 e 29 de janeiro, as equipes selecionadas estarão em Brasília, onde participarão de oficinas presenciais sobre as tecnologias possíveis de serem utilizadas no projeto, principalmente no que diz respeito à arquitetura do PJe 2.0 e ao aplicativo local meuPJe.
 
O produto final a ser desenvolvido deverá ser apresentado pelas equipes na última semana de fevereiro. Os vencedores ganharão um MacBook Pro (1º lugar), iPad Air (2º lugar) e um celular Samsung Galaxy S6 Edge (3º lugar). Cada integrante da equipe terá direito a um prêmio, de acordo com a colocação.
 
.......................................................................................................
Texto: Ivone Veloso   |    Ascom TJPE