Notícias

Voltar

Com serviços gratuitos, TJPE promove mutirão de cidadania em Abreu e Lima

Fachada do Fórum de Abreu e Lima

Fachada do Fórum de Abreu e Lima

O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) de Abreu e Lima, cidade localizada na Região Metropolitana do Recife, promove um mutirão de serviços gratuitos à população. Os interessados em participar da ação têm até esta sexta-feira (25/5) para ir até o Fórum da Comarca, localizado na avenida da Assembleia, 514, bairro do Timbó, e realizar inscrição prévia, apresentando cópias de RG, CPF e comprovante de residência. O evento será em 9 de junho, das 8h às 14h, também na unidade judiciária. Por meio da Gerência de Tratamento de Demandas Repetitivas, o ônibus da Justiça Itinerante estará no local com estrutura para realização de 120 sessões de conciliação.

Realizada através de parceria entre o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), por meio do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), e a Prefeitura de Abreu e Lima, a ação vai oferecer diversos serviços. Dentre eles: orientação em casos de pensão alimentícia; segunda via de certidões de casamento, óbito e nascimento; títulos de posse; cadastramento de currículos; posto de atendimento para consumidores; renegociação de dívidas; exames de saúde; aplicação de vacinas; casamento coletivo; e sorteios. 

Nos casos de pensão alimentícia, também é preciso levar a cópia do cartão de conta bancária e a cópia da certidão de nascimento da criança. Em casos de divórcio, devem ser apresentadas cópia e original da certidão de casamento. A respeito da cerimônia de casamento, está prevista a união de 70 casais, que também precisam se inscrever até esta sexta (25/6). O diretor do Fórum de Abreu e Lima, juiz Hugo Bezerra, irá celebrar a cerimônia. No dia da ação, em 9 de junho, ainda serão realizadas sessões de conciliação de processos que tramitam nas varas locais e que são passíveis de mediação. O Cejusc de Abreu e Lima é coordenado pela juíza Ângela Mesquita de Borba Maranhão. 
......................................................................................................................
Texto: Francisco Shimada – Marília Ferreira | Ascom TJPE
Foto: Assis Lima | Ascom TJPE