Notícias

Voltar

Corregedoria realiza 1º encontro do Projeto Rede Amiga

O projeto é voltado aos juízes recém-ingressos no Tribunal e prevê o apoio de magistrados experientes, chamados juiz amigo

Com a presença do corregedor geral da Justiça, desembargador Eduardo Augusto Paurá Peres, e da ministra Nancy Andrighi, corregedora nacional de Justiça, entre outras autoridades, a Corregedoria Geral da Justiça realizou, na última segunda-feira (2/3), no auditório do Fórum Rodolfo Aureliano, às 9h, o 1º Encontro do Projeto Rede Amiga. O projeto é voltado aos juízes recém-ingressos no Tribunal de Justiça de Pernambuco e prevê que cada um desses juízes vitaliciandos formará dupla com um magistrado experiente, chamado juiz amigo, que se disponibiliza a prestar informações, dirimir dúvidas e promover a interação entre os demais colegas.

Na ocasião, o corregedor geral da Justiça fez a abertura do evento. "A razão maior de ser do Projeto Rede Amiga é juntar teorias e impetuosidades dos novos, os juízes vitaliciandos, com a teoria prática e experiência dos antigos, os juízes amigos, objetivando dar mais tranquilidade aos novos para que atuem com mais segurança, além de formar uma rede de bom relacionamento entre os magistrados", afirmou o desembargador Eduardo Paurá.

Em seguida, falaram os juízes Gildenor Pires, representando o presidente da Associação dos Magistrados do Estado de Pernambuco (Amepe), Virgínia Gondim, juíza assessora especial da Corregedoria, e o juiz corregedor auxiliar da 1ª Entrância, Dario Rodrigues. Logo após, a servidora Patrícia Figueirêdo fez uma apresentação detalhada do projeto.

A ministra Nancy Andrighi foi ovacionada após proferir discurso de mais de 40 minutos, dirigido aos novos juízes, em que falou sobre seus 40 anos de experiência na magistratura, suas dificuldades, alegrias e responsabilidades. "Ser juiz é uma missão. Missão não tem hora, tem obrigação", afirmou a ministra, elogiando, ainda, o Projeto Rede Amiga da Corregedoria.

............................................................................

Texto: Ismênia Rolim | Ascom CGJ

Foto: Agência Rodrigo Moreira