Últimas Notícias em destaque

Voltar

Desembargador Eduardo Sertório e equipe lançam o livro Gestão e Justiça em solenidade concorrida

Público lota Salão Nobre para lançamento de livro do desembargador Eduardo Sertório e equipe
Público prestigiou lançamento da obra, realizada no Salão Nobre do Palácio da Justiça, no Recife
 
A solenidade de lançamento do livro "Gestão e Justiça – 12 olhares sobre o Código de Processo Civil de 2015" foi prestigiada por muitos estudantes, acadêmicos e personalidades renomadas do mundo do Direito de Pernambuco e de entidades civis. No evento, realizado na segunda-feira (10/10), no Salão Nobre do Palácio da Justiça, o público presente pôde adquirir um exemplar autografado pelo organizador da obra, desembargador e membro da 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), Francisco Eduardo Sertório. Confira as fotos no Flickr do Judiciário pernambucano.
 
Magistrado e equipe no Salão NobreDesembargador Eduardo Sertório e equipe de Gabiente responsáveis pelo livro
 
O livro, que reúne artigos e estudos sobre gestão jurisdicional, novo Código de Processo Civil e decisões de interesse público, contou com a participação de dez servidores que integram o Gabinete de Sertório. Coube ao professor da Faculdade de Direito do Recife e procurador do Estado, Leonardo da Cunha Carneiro, apresentar um resumo do trabalho. O desembargador justificou a criação do livro ao declarar que, pare ele, "a decisão judicial não é apenas de autoria do ministro, desembargador ou juiz, mas sim é o resultado final das equipes que compõem as unidades de Justiça".
 
O presidente do TJPE, desembargador Leopoldo Raposo, parabenizou o magistrado e sua equipe pela iniciativa. "Desde o seu ingresso no Poder Judiciário, em 2008, Eduardo Sertório se notabilizou pelos altos índices de produtividade de seu Gabinete", lembrou o presidente.
 
Desembargador Leopoldo Raposo fala sobre desembargador Eduardo Sertório
Desembargador Leopoldo Raposo lembrou a dedicação do desembargador Eduardo Sertório e equipe na magistratura
 
Homenagens – A servidora Carolina Tapety, uma das autoras do livro, recebeu o prêmio de destaque pela sua dedicação ao projeto, após ter sido escolhida por unanimidade pelos seus colegas para receber a comenda. A placa de homenagem foi entregue por sua mãe, Inês Correia de Oliveira Tapety Reis. Em um momento anterior, Carolina também discursou, agradecendo ao desembargador a oportunidade de integrar a sua equipe.
 
Em sua fala, o desembargador Eduardo Sertório também lamentou as mortes recentes do desembargador aposentado Hélio Siqueira Campos e do corregedor-geral de Justiça, desembargador Roberto Ferreira Lins. O magistrado convidou a servidora Carla Moutinho para discorrer sobre o corregedor. "Só tenho a agradecer por ter convivido por cinco anos com Roberto Ferreira Lins, uma estrela de primeira grandeza", disse Carla, bastante emocionada.
 
O desembargador também citou Ruy Antunes, Murilo Guimarães e Bernadete Pedrosa – juristas falecidos, que marcaram os seus estudos e vida profissional. Ao final de seu pronunciamento, ele pediu uma salva de palmas para o professor de Direito da Universidade de Pernambuco, Alexandre Bartilotti, que se encontrava presente. A servidora do TJPE, Valéria Pragana, falecida neste ano, também foi lembrada pelo desembargador Eduardo Sertório.
 
............................................................................................................
Texto: Izabela Raposo | Ascom TJPE
Fotos: Anderson Freitas | Agência Rodrigo Moreira