Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira
Voltar

Doações do Natal Sertanejo entregues a famílias do Interior

Ginásio lotado com cestas básicas e pessoas

Foram arrecadadas mais de 35 toneladas de alimentos

Mais de 35 toneladas de alimentos não perecíveis arrecadadas e 1.500 cestas distribuídas. A contribuição de membros do Poder Judiciário estadual foi importante para o Natal Sertanejo, ação solidária organizada pelos padres Damião Silva e Adilson Simões. No mês de dezembro, os donativos arrecadados em unidades judiciárias de Pernambuco se juntaram às doações de pessoas e instituições de todos os cantos do Estado e foram entregues a famílias do Interior, em Arcoverde e regiões circunvizinhas.

O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Leopoldo Raposo, agradeceu o engajamento de todos e a oportunidade de o Judiciário estadual ter sido um dos parceiros da ação. O mesmo sentimento é compartilhado pela presidente da Associação dos Cônjuges de Magistrados do Estado de Pernambuco (Acmepe), Ismênia Pires. As duas instituições apoiaram o Natal Sertanejo.

Padre Damião Silva e desembargador Leopoldo Raposo

Padre Damião Silva e desembargador Leopoldo Raposo

Pelo segundo ano, a campanha Natal Sertanejo visa a dar assistência a famílias em situação de risco, como lembra o desembargador Leopoldo Raposo. “É preciso enxergar o semelhante e ajudá-lo em suas necessidades”, lembra o magistrado, que participou da entrega das doações ao lado da presidente Ismênia Pires e de outros voluntários.

O TJPE também participa de outras ações solidárias, a exemplo da Doação sem Dor. Por meio do programa, magistrados e servidores do Judiciário estadual podem doar uma porcentagem do Imposto de Renda para os trabalhos desenvolvidos pela Fundação Terra, que atende 900 crianças.
................................................................................................
Texto: Francisco Shimada | Ascom TJPE
Fotos: Natal Sertanejo