Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira
Voltar

Em casamento coletivo promovido pelo TJPE, mais de cem vezes “aceito”

Mãos com detalhe mostrando buquê e alianças

Esta foi a quinta edição do evento organizado pela Casa da Justiça e Cidadania

Noivos, juízes, ornamentação, convidados, orquestra, alianças, bolo e buquês. A tarde de 20 de dezembro de 2016 entrou para a história de mais de cem casais que se casaram em cerimônia coletiva organizada pela Casa da Justiça e Cidadania do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). A solenidade foi presidida pela juíza Wilka Vilela, da 5ª Vara de Família da Capital. Estiveram presentes o desembargador Erik Simões, a juíza Karina Aragão e o juiz João Targino. Confira as fotos no Flickr do Judiciário estadual.

Entre os casais que disseram “aceito”, em um auditório lotado no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, no Recife, estavam a dona de casa Alessandra Santana e o profissional autônomo José Silva, respectivamente com 25 e 39 anos. “Moramos juntos faz cinco anos, não acho que vá mudar muita coisa, mas fiquei muito animada e emocionada com o momento”, disse Alessandra. Os dois têm um filho de 4 anos.

Auditório completamente lotado

Auditório do Fórum do Recife ficou lotado durante a cerimônia. Recepção ocorreu no Hall Monumental

Pela quarta vez à frente da celebração do casamento coletivo, a juíza Wilka Vilela oficializou a união dos noivos. “Só não participei da primeira edição da cerimônia organizada para os moradores do Coque. O casamento é um passo importante para a construção da vida ao lado de outra pessoa, é um momento muito especial. O que fazemos aqui é oportunizar a realização de um desejo de forma digna e cidadã.” Para uma festa completa, nenhum dos noivos precisou arcar com a apresentação do Quinteto de Cordas da Orquestra Criança Cidadã, o bolo ou a ornamentação, por exemplo.

Para participar do enlace, pelo menos um dos recém-casados teve de comprovar moradia na região do Coque, que compreende os bairros da Ilha Joana Bezerra e de São José. Todas as despesas cartorárias ficaram a cargo do TJPE. O próximo casamento coletivo organizado pela Casa da Justiça e Cidadania está previsto para maio de 2017. As inscrições serão abertas dois meses antes.

Casal entrevistado em frente ao bolo

Recém-casados: a dona de casa Alessandra Santana e o profissional autônomo José Silva

...........................................................................................................................
Texto: Francisco Shimada | Ascom TJPE
Fotos: Anderson Freitas e Jean Oliveira | Agência Rodrigo Moreira