Últimas Notícias em destaque

Voltar

Em comemoração aos 194 anos, TJPE entrega de medalhas e diplomas

No salão do Pleno, o TJPE homenageou 37 personalidades
O TJPE homenageou 37 personalidades no Salão Pleno do Palácio da Justiça
 
As homenagens a personalidades que contribuíram de forma efetiva com a Justiça e na melhoria da sociedade marcaram as solenidades pelos 194 anos do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) nesta segunda-feira (15/8). Maria da Penha Maia Fernandes, vítima emblemática da violência doméstica que deu nome à Lei nº 11.340/2006, foi uma das agraciadas com a Medalha do Mérito Judiciário Desembargador Joaquim Nunes Machado – Grau Grande Oficial. O evento aconteceu no Salão Pleno do Palácio da Justiça, localizado no bairro de Santo Antônio, no Recife. Confira as fotos AQUI.
 
A execução do Hino Nacional pelo maestro Israel França abriu a solenidade. Em seguida, o presidente do TJPE, desembargador Leopoldo Raposo, disse que as homenagens são a melhor forma de enaltecer e parabenizar o trabalho daqueles que deram um importante contributo para a Justiça e a sociedade. "Quero salientar que estamos a comemorar os 194 anos de existência do Tribunal de Justiça de Pernambuco, que com quase dois séculos de história, se mantém contemporâneo para atender às expectativas da população", afirmou.
 
O desembargador Silvio Neves Baptista Filho foi o primeiro agraciado com a Medalha do Mérito Judiciário com o Grau Grão Colar de Alta Distinção, a mais alta condecoração do TJPE. Em seguida, a comenda foi entregue ao ministro das Cidades, Bruno Araújo. O general da Brigada, Francisco Mamede de Brito Filho também recebeu a honraria e, representado pela sua esposa Ana Maria Araújo Freire, o educador Paulo Freire foi um dos homenageados. 
 
"Para mim, foi uma grande alegria Paulo ter sido agraciado por alguns motivos: Paulo é pernambucano e recifense; amou essa cidade e esse estado. Então, vir receber essa comenda tem essa importância enorme. Essa honraria também reforça que Paulo está vivo e está presente. Ele é o patrono da educação brasileira e é preciso que a cada dia se diga isso para que não esqueçamos", ressaltou sua esposa. Também agraciada com o Grau Grão Colar de Alta Distinção, a vice-presidente do Superior Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, não pôde comparecer ao evento e será homenageada posteriormente.
 
No Grau Grande Oficial, receberam a homenagem o deputado federal Luiz Gonzaga Patriota, o defensor público geral do Estado, Manoel Jerônimo de Melo Neto e Maria da Penha. Fundadora de uma organização não governamental voltada à conscientização das mulheres sobre os seus direitos, Maria da Penha agradeceu a honraria. "Essa homenagem estimula a gente a continuar o nosso trabalho. Esperamos que assim haja uma maior conscientização sobre o assunto da violência contra a mulher e que a lei seja cumprida", pontuou.
 
Maria da Penha é homenageada pelo presidente do TJPE, desembargador Leopoldo Raposo
Maria da Penha é homenageada com a medalha do Mérito Judiciário pelo presidente do TJPE, Leopoldo Raposo
 
O psicólogo Luiz Schettini Filho, autor de vários livros na área das relações interpessoais e educação de filhos e especialista em adoção, recebeu a Medalha do Mérito Judiciário Grau Comendador, assim como a procuradora de Justiça Eleonora Luna e o médico Wilson Oliveira Júnior. Na categoria juízes, foram agraciados os magistrados Hildeberto Júnior da Rocha Silvestre, Daniela Rocha Gomes e Júlio Pereira de Almeida.
 
No Grau Cavaleiro, a medalha foi concedida aos servidores do TJPE Renata Figueirêdo Alves, Antônio Carlos de Oliveira Martins e Valdecyr Gomes da Costa. A jornalista Meiry Lanunce também recebeu homenagem. O Diploma de Honra ao Mérito foi entregue a 19 servidores do Judiciário estadual: Rafael Meneses, Flávia Maciel, Beluse de Lucena, Tibéria de Lima, Clarissa Lima, Maristela de Lima, Maurício Brainer Júnior, Marcel Lima, Naiana Siracusa, Zoraide Monteiro, Liane Lacerda, Aline de Melo, Ricardo Constantino da Silva, Edmilson Teixeira, Adriano da Mota, Alexandre Almeida da Silva, Klênia de Sousa, Cláudia de Oliveira e Antônio Martins. 
 
A solenidade foi encerrada com a execução do Hino de Pernambuco pelo maestro Israel França. O presidente Leopoldo Raposo agradeceu a presença de todos no evento.
 
 
TJPE 194 Anos
...................................................................................................................................................
Texto: Rebeka Maciel | Ascom TJPE
Fotos: Assis Lima | Ascom TJPE – Alesson Freitas | Agência Rodrigo Moreira