Notícias Notícias

Voltar

Encontro Nacional de Memória do Poder Judiciário tem segundo dia com palestras e exposições

O segundo dia do II Encontro Nacional da Memória do Poder Judiciário teve início na manhã desta quarta-feira (11/05) com a realização do Eixo I - Gestão da Memória. Foram contempladas nesta modalidade palestras e exposições acerca de práticas e gerenciamento da memória institucional a partir da Resolução de nº 316/2020 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), com ações de preservação e divulgação da história presente em arquivos, acervos, bibliotecas e documentos. 

A programação começou com a palestra “Dia da Memória e Gestão da Memória: balanço dos dois anos das resoluções do CNJ 316/2020 e 324/2020 e suas perspectivas” , que foi apresentada pelo juiz de Direito do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) e doutor e mestre em Direito Civil pela Universidade de São Paulo (USP), Carlos Alexandre Böttcher. 

Além da palestra, o turno da manhã contou com o Painel 1: “Gestão de Memória do Poder Judiciário: Desafios”, que foi dividido nos módulos “Gestão da Memória da Justiça Gaúcha” , apresentado pelo desembargador José Carlos Teixeira Giorgis (TJRS); “Memória da Justiça Militar”, apresentado pelo ministro Péricles Aurélio de Queiroz (STM); “Justiça do Trabalho e Memória”, apresentado pela juíza do Trabalho Anita Job Lübbe (TRT4); e “Centro de Memória: modelo de gestão para Tribunais de pequeno e médio portes”, apresentado por Rodrigo Japiassu (TRE/RJ).

Confira as fotos do segundo dia do evento, no turno da manhã.

Continuando com a programação do Encontro, o turno da tarde trouxe o Eixo 2: “Conservação Preventiva e Preservação Digital” envolvendo práticas de preservação do patrimônio por meio de ações corretivas e projetos que englobam estratégias de preservação digital de acervos em arquivos íntegros a longo prazo. 

A palestra da tarde foi apresentada pelo Doutor em Ciência da Informação, professor Tiago Emmanuel Nunes Braga do IBICT, e teve como tema “Hipátia: Modelo de Implementação de Repositório Arquivístico Digital Confiável - (RDC - ARQ).

Em seguida, foram apresentadas as exposições do Painel 2 com o tema “Preservação Digital”, que foi modulado nas apresentações “A experiência do TJDFT na implantação do RDC – Arq”, do expositor Otacílio Guedes Marques (TJDFT); “A Política de Preservação Digital do Superior Tribunal de Justiça", do expositor Júlio César Andrade; e “Arquivos Permanentes do RDC - Arq: A experiência do Superior Tribunal Militar”; de Aírton Guimarães (STM).

O Painel 3 e último do dia teve como tema “Conservação Preventiva” e teve a programação dividida nas exposições “Conservação de Bens Culturais Arquivísticos e Bibliográficos”, de Pedro Melo (TJAM); “Conservação de Bens Museológicos”, de Michel Ferraz (TJAP) e “Conservação de Bens Arquitetônicos", de Andrea Costa Val (TJMG).

Confira as fotos do segundo dia do evento, no turno da tarde.

 

Evento - O II Encontro Nacional de Memorial de Justiça do Poder Judiciário foi criado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com o objetivo de valorizar a memória institucional, além de promover o intercâmbio de experiências e o estreitamento dos laços entre os órgãos do Judiciário.

O TJPE está sediando o encontro deste ano, que compõe a comemoração dos 200 anos da instalação da Justiça pernambucana. A programação do evento conta com várias exposições, apresentações e discussões para a troca de experiências entre os diversos órgãos que compõem o Judiciário. 
O encontro é fruto de parceria do TJPE com o CNJ, O Memojus Brasil, Memojutra, o TRF5, o TRE-PE, o TRT e a Justiça Federal de Pernambuco.

.............................................................................................................
Texto: Redação | Ascom TJPE
Fotos: Armando Artoni e Ademar Filho | K9 Produções