Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira
Voltar

Encontro Nacional de Presidentes de Tribunais debate agilização processual

Participaram do encontro, os desembargadores Eurico de Barros, Leopoldo Raposo, Fernando Cerqueira, Rogério Fialho e Edilson Nobre
Participaram do encontro, os desembargadores Eurico de Barros, Leopoldo Raposo, Fernando Cerqueira, Rogério Fialho e Edilson Nobre
 
No Brasil, há atualmente 100 milhões de processos judiciais, tendo a cada cinco segundos, um novo processo ingressando na Justiça brasileira. Foi com esta estatística que o diretor-geral da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), ministro Humberto Martins, abriu o Encontro Nacional de Presidentes de Tribunais e Diretores de Escolas de Formação de Magistrados. O evento aconteceu nesta terça-feira (23), no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília.
 
De Pernambuco, participaram o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Leopoldo Raposo; o diretor-geral da Escola Judicial do TJPE, desembargador Eurico de Barros; o secretário-geral da Enfam, desembargador Fernando Cerqueira; além do presidente do TRF da 5ª Região, desembargador Rogério Fialho; e do diretor em exercício da Escola do TRF da 5ª Região, Edilson Nobre.
 
Durante o evento, foram apresentados estudos e conteúdos programáticos, elaborados por um grupo de trabalho, sobre "Demandas repetitivas e os Grandes Litigantes". O objetivo é subsidiar magistrados e estabelecer estratégia educacional na pacificação de conflitos em meio à explosão da litigiosidade no Brasil.
 
Para o presidente do TJPE, desembargador Leopoldo Raposo, o fenômeno das demandas repetitivas, previsto no novo Código do Processo Civil, vai favorecer o Judiciário. "As demandas repetitivas vão uniformizar entendimentos e possibilitar a agilidade no julgamento dos processos", explicou o magistrado.
 
O ministro Humberto Martins afirmou que analisar o fenômeno das demandas repetitivas é importante para alcançar uma justiça rápida. "O Poder Judiciário que queremos é o poder do diálogo, do entendimento, mais ético e que saiba decidir bem e com qualidade".
 
Humberto Martins assume a vice-presidência do STJ no próximo dia 1º de setembro, na gestão da ministra Laurita Vaz, que na mesma data assume a presidência do Tribunal. A partir de então, a Enfam estará sob o comando dos ministros Maria Tereza de Assis Moura e Napoleão Nunes Maia Filho, como diretora-geral e vice-diretor, respectivamente.
...................................................................................................................................................
Texto: Andréa Pessoa | Ascom TJPE - Com informações da Enfam
Fotos: Diretoria/Ejud-TJPE