Notícias

Voltar

Homenagem marca 15 anos de instalação do Fórum Universitário em Caruaru

Presidente Frederico Neves recebeu a homenagem pela parceria entre TJPE e Asces no Fórum Universitário de Caruaru, que realizou 25.500 audiências ao longo de 15 anos de existência

 

O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Frederico Neves, recebeu homenagem durante celebração aos 15 anos do Fórum Universitário, da Faculdade Asces. A cerimônia, realizada na última sexta-feira (12/6), marcou a parceria de uma década e meia da instituição de ensino superior com o TJPE. Ao longo de 15 anos, foram realizadas 25.500 audiências e proferidas 19.260 sentenças.

Durante a solenidade, o presidente do TJPE ministrou a palestra "Os desafios do Novo Código de Processo Civil (CPC)". A diretora acadêmica da Faculdade Asces, Marileide Rosa, destacou a importância do convênio para ambas as partes e entregou ao desembargador Frederico Neves o Troféu Tabosa de Almeida. A honraria é destinada às personalidades que se destacam em favor do desenvolvimento da região do Agreste e do seu povo, bem como pela defesa dos valores e princípios defendidos pela entidade.

"Sinto-me honrado de participar da celebração dos 15 anos desta parceria, que efetivamente aproxima o Poder Judiciário de Pernambuco do cidadão que necessita dos serviços da Justiça, ao tempo que contribui para a formação dos operadores do Direito em Caruaru. Esperamos prosseguir com esse trabalho por muitos e muitos anos", destacou o presidente Frederico Neves.

O evento foi presidido pelo coordenador do Fórum, o juiz Marupiraja Ribas, que recebeu das mãos da professora do curso de Direito da Asces Paula Rocha uma placa parabenizando-o pelos serviços prestados. Funcionários e o primeiro promotor de justiça do Fórum, Keyller Toscano, também foram homenageados.

Instalado em 12 de junho de 2000, sendo o primeiro do interior do Estado, o Fórum Universitário Asces compreende mais de 1.600 m² e funciona como sede dos juizados especiais cíveis e criminais de Caruaru. Através de parceria com a instituição de ensino superior, o órgão oferece diversos serviços para a comunidade, beneficiando também os universitários que estão inseridos em um ambiente de prática antes mesmo da conclusão da graduação.

No local, funcionam os projetos Juizado Especial Criminal (JECRIM), com a participação de mais de 80 estudantes realizando estágio obrigatório, e o Centro de Orientação e Apoio ao Consumidor (COAC), envolvendo mais de 20 estudantes de Direito, resultando em uma atuação acadêmica direta no Juizado Especial Cível.

Neste sentido, o fórum dispõe do Núcleo de Apoio aos Estagiários, um espaço pensado para dar suporte aos estudantes em formação. No local, estes podem elaborar suas peças processuais e atender o público que procura o órgão para esclarecimento de dúvidas sobre os procedimentos do Juizado, além de serem assistidos por advogados em audiências e ter orientações teóricas sobre os procedimentos

...............................................................................................................................................................

Redação | Ascom TJPE, com informações da Assessoria de Imprensa da Faculdade Asces

Foto: Leonardo Gomes | Assessoria de Imprensa da Faculdade Asces