Últimas Notícias em destaque

Voltar

Instituições promovem seminário sobre questões jurídicas e de saúde relacionadas à microcefalia

Foto na qual se vê mão de bebê sobre mão de adulto
 
Debater os aspectos jurídicos, médicos e bioéticos sobre a microcefalia é o objetivo de profissionais das áreas judicial e de saúde que se reúnem, em Jaboatão dos Guararapes, nos dias 14 e 15 de setembro. O evento é resultado de parceria entre o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), a Escola Judicial e a Diretoria de Saúde / Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP) da instituição; a Associação dos Cônjuges de Magistrados do Estado de Pernambuco (Acmepe); a Faculdade dos Guararapes (FG); e a Ordem dos Advogados do Brasil – Subseccional Jaboatão dos Guararapes (OAB-PE). Além das palestras, durante o encontro, também haverá atendimento a vítimas infectadas com zika vírus.
 
A abertura do seminário ocorre nesta quarta-feira (14/9), às 19h, no auditório da Faculdade dos Guararapes, localizada na rua Comendador José Didier, 27, bairro de Piedade, em Jaboatão. Estarão presentes o presidente do TJPE, desembargador Leopoldo Raposo; o reitor da FG, Pierre Lucena; a presidente e a diretora de Assistência Social e Cultural da Acmepe, respectivamente, Ismênia Pires Raposo e Fernanda Fluhr; o secretário Estadual de Saúde de Pernambuco, José Iran da Costa Júnior; e o presidente da OAB-PE Jaboatão, Antônio Maciel. 
 
Na sequência, ainda na quarta (14), o especialista em medicina fetal Pedro Pires apresenta palestra sobre o diagnóstico pré-natal da microcefalia. Em seguida, o advogado Paulo Perazzo aborda o direito à proteção legal e o benefício da prestação continuada. O encontro é aberto ao público.
 
Já na quinta-feira (15/9), a partir das 14h, em parceria com a Acmepe, o programa FG Comunidade realiza mutirão para cadastramento de bebês portadores de síndrome congênita do zika vírus. Haverá perícia médica realizada por profissionais do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), além de atendimento por meio do Núcleo de Prática Jurídica da faculdade. As instituições beneficiadas são a Aliança das Mães e Famílias Raras (Amar) e o Núcleo de Assistência Multiprofissional à Criança com Microcefalia (NAMM).
 
A partir das 19h, também na quinta (15), novamente no auditório da FG em Piedade, acontecem palestra, debate e mesa redonda sobre a atuação dos profissionais das áreas de saúde no campo da microcefalia. Entre os convidados, estão a neuropsicóloga Eliana Almeida e o presidente do Conselho de Fisioterapia e da Terapia Ocupacional da 1ª Região (Crefito 1), Silano Barros. Na ocasião, ainda serão abordadas questões a respeito de nutrição e enfermagem no contexto da doença.
...........................................................................................................
Texto: Francisco Shimada | Ascom TJPE