Notícias

Voltar

Judiciário recebeu inspeção de rotina da Corregedoria Nacional de Justiça

Magistrados do TJPE e do CNJ reunidos no Gabinete da Presidência
Magistrados do TJPE e do CNJ reunidos no Gabinete da Presidência

A Corregedoria Nacional de Justiça, órgão do Conselho (CNJ), realizou uma inspeção de 21 a 25 de agosto nos setores administrativos e judiciais de primeiro e segundo graus de jurisdição no Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), além das serventias extrajudiciais do Estado. O início da inspeção foi marcada por uma visita ao Gabinete da Presidência, com a presença do presidente do Judiciário estadual, desembargador Leopoldo Raposo, de juízes e assessores especiais da atual gestão do órgão. A atividade foi realizada entre os dias 21 e 25 de agosto.

O objetivo da Corregedoria Nacional de Justiça, presidida pelo juiz João Otávio de Noronha, é realizar uma inspeção de rotina em todos os tribunais de justiça do país, no prazo de dois anos, nas unidades judiciárias de cada estado com os maiores acervos processuais. “Realizaremos inspeções nessas unidades para avaliar quais os problemas ou entraves que podem ser resolvidos para aumentar o nível de produtividade”, afirmou o juiz auxiliar do CNJ, Carlos Vieira Von Adamek.

O desembargador Leopoldo Raposo parabenizou a iniciativa do Conselho e destacou o empenho da atual gestão em prestar um serviço eficaz aos jurisdicionados. “Uma análise de um grupo externo ao Tribunal será importante para termos mais subsídios sobre o nosso serviço e avaliarmos em conjunto o que podemos melhorar para atendermos a população da melhor forma possível. Estaremos à disposição para esclarecimentos e apoio de todo o trabalho”, avaliou.

Conciliação – Dentre os locais visitados, uma equipe da Corregedoria visitou as instalações do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec/TJPE), do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania do Recife (Cejusc) e da Central de Audiências do Recife. Da visita de inspeção, participaram a conselheira do CNJ, desembargadora Daldice Maria Santana de Almeida, o assessor da Corregedoria do CNJ, Rodrigo Casimiro, e o coordenador-geral do Nupemec, desembargador Erik Simões.

Equipe do Nupemec TJPE reunida com a conselheira Daldice Maria Santana de Almeida
Equipe do Nupemec TJPE reunida com a conselheira Daldice Maria Santana de Almeida

 
“A inspeção está no contexto do tratamento adequado de conflitos. O conceito de justiça atualizado requer a análise do melhor método de solução de conflitos. Em uma analogia para pensarmos qual melhor método, basta questionarmos qual melhor remédio. Não existe o melhor, existe o mais adequado conforme cada situação. Pelo que observei, a política de tratamento deste Tribunal está adequada, porque a política de gestão está em ascensão, tem perspectiva de crescimento. Verifiquei que há um comprometimento institucional manifestado pelas ações dos gestores do Tribunal, promovendo adequação física e estrutural, capacitações e o tratamento adequado de conflitos”, disse a conselheira do CNJ, desembargadora Daldice Maria Santana de Almeida.
 
Entre os presentes, também estavam o coordenador-geral adjunto do Nupemec, juiz Breno Duarte; a diretora do Nupemec, Vivian Tavares; os coordenadores do Cejusc Recife, juíza Fernanda Chuahy e juiz João Maurício; a chefe de secretaria do Cejusc Recife, Jacqueline Caldas; a gerente de Apoio e Desenvolvimento das Casas de Justiça e Cidadania, Djanira Carneiro; a gerente de Apoio e Desenvolvimento das Unidades e Serviços de Conciliação e Mediação, Esmeralda Bione; a gerente de Tratamento de Interesse Público, Coletivo e Social, Ana Elizabeth Falcão; a gerente de Capacitação, Treinamento e Supervisão, Simone Neves; a gerente de Apuração da Produtividade e Comunicações, Tarciana Chalegre; o gerente de Organização, Métodos  e Tecnologia, Edson Dias; e a gerente de Tratamento de Consumidores Superendividados, Flávia Guedes.
..........................................................................................................
Texto: Ivone Veloso e Marília Ferreira | Ascom TJPE
Revisão: Ivone Veloso | Ascom TJPE
Fotos: Assis Lima | Ascom TJPE