Notícias

Voltar

Juizado do Folião registra diminuição no número de ocorrências

Equipes no Juizado do Folião

Essa foi a décima edição da unidade itinerante no Carnaval do Galo da Madrugada

O Juizado do Folião, que atua há dez anos consecutivos no Galo da Madrugada, no Recife, registrou um número menor de ocorrências em 2017. Durante todo o sábado de Zé Pereira, foram recebidos três Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs), sendo dois casos no polo do Fórum Thomaz de Aquino e um no polo que funcionou na Estação Central do Metrô. Foram registrados crimes de ameaça, porte ilegal de arma branca e lesão corporal leve.

No dia do desfile do Galo da Madrugada, que aconteceu no último dia 25 de fevereiro, foram realizadas três audiências. Das sete pessoas envolvidas, duas prisões foram convertidas em penas pecuniárias no valor de R$ 450,00 (quatrocentos e cinquenta reais). Em um dos TCOs, não houve transação penal em virtude do envolvimento do autor em outras ações criminais.
 
Durante o plantão de 2016, sete TCOs foram encaminhados ao Juizado do Folião, com nove autores envolvidos em crimes como desacato, posse de drogas e lesão corporal. No ano anterior, em 2015, 18 termos envolveram 21 pessoas. Para a juíza Ana Luiza Câmara, coordenadora dos Juizados Especiais, a diminuição do número de ocorrências vem sendo possível graças ao trabalho desenvolvido. “A presença do Estado no evento vem contribuindo para a redução da criminalidade, permitindo que ocorra sem maiores transtornos e sem prejuízos para as demais atividades do Judiciário”, destacou a magistrada.
 
Atuaram no plantão do Juizado do Folião os juízes Waldemiro de Araújo Lima Neto e Severiano de Lemos Antunes Júnior e servidores. A unidade itinerante é organizada pela Coordenação dos Juizados Especiais do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) em parceria com o Ministério Público Estadual, a Defensoria Pública, as Polícias Civil e Militar, o Corpo de Bombeiros, o Instituto de Medicina Legal, o Instituto de Criminalística e o Instituto de Identificação Tavares Buril.
..................................................................................................
Texto: Redação | Ascom TJPE
Foto: Jean Agência Rodrigo Moreira