Notícias

Voltar

Júri de membros de torcida organizada previsto para terminar nesta sexta-feira (6/4)

O julgamento de integrantes da Torcida Organizada Inferno Coral, por tentativa de homicídio em briga ocorrida na estação de metrô do bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, tem previsão de ser finalizado nesta sexta-feira (6/4). Presidido pelo juiz Otávio Pimentel, o júri foi iniciado na manhã desta quinta (5/4), na 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca. No local, os jurados acompanharam os depoimentos das duas vítimas e o vídeo com a audiência de instrução em que os quatro réus foram ouvidos.

Nesta sexta, a parti das 9h, têm início os debates com as falas do Ministério Público, da Defensoria Pública e dos advogados, para depois haver a deliberação do júri e a decisão. O processo de NPU 0034903-52.2016.8.17.0810, que aponta o crime de homicídio qualificado, tem como autor a Delegacia de Polícia de Repressão à Intolerância Esportiva

O caso – Em 4 de maio de 2016, às 18h10, os acusados Alexsandro Felix da Silva, Alisson Henrique Claudino da Silva, Diego Marley Valentino Timóteo e Emerson José da Silva se envolveram em uma briga com José Anderson Ferreira Chaves e Gleybson Gustavo da Silva, utilizando armas e objetos contundentes. O fato desencadeou a deflagração da Operação Cartão Vermelho pela Polícia Civil, que cumpriu 15 mandados de prisão de integrantes da Inferno Coral em outubro de 2016.

Os detidos foram acusados de promover tumulto, praticar ou incitar a violência, rixa, lesão corporal grave, roubo, associação criminosa e tentativa de homicídio duplamente qualificado. A polícia também realizou mandados de busca e apreensão em 18 locais. Entre eles, a sede da torcida organizada.
..............................................................................
Texto: Izabela Raposo | Ascom TJPE