Notícias Notícias

Voltar

Justiça pela Paz em Casa: Vara da Mulher de Jaboatão realiza palestra e ação educativa com mulheres das cooperativas Coleta Seletiva

Na manhã desta quarta-feira (24/11), o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), através da Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher (VVDFM) de Jaboatão dos Guararapes, e em parceria com o Centro de Referência da Mulher Maristela Just e com a Prefeitura do município, promoveu a palestra De olho no “Violentômetro”. O evento, que faz parte da programação da Coordenadoria da Mulher do TJPE em relação à 19ª edição da Semana da Justiça pela Paz em Casa, teve como objetivo apresentar a identificação de relacionamentos abusivos como combate à violência de gênero, e foi voltado para as mulheres que fazem parte da Rede Nova Esperança, que reúne cooperativas de coleta seletiva de Jaboatão.

A ação aconteceu no espaço do Programa Coleta Seletiva Rede Nova Esperança, na Rua Dr. Luiz Rigueira, 155, Bairro Guararapes, em Jaboatão. A palestra foi ministrada pela equipe multidisciplinar da VVDFM de Jaboatão, composta pela psicóloga Rosaly Meneses e pelas assistentes sociais Fernanda Freire e Elisabeth Bening. Presentes na ocasião, as representantes do Centro de Referência da Mulher Maristela Just, Ana Carla Mendonça e Adriana do Carmo; a coordenadora do Programa Coleta Seletiva da Prefeitura de Jaboatão, Kelly Sales; e as coordenadoras das Cooperativas Sítio Carpina, Ivanise Siva; Maria da Penha, Cristina Oliveira; Purpurana, Lucineide Travassos; e Recicla Vila Rica, Rita de Cássia.

“O intuito da Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Jaboatão, nesta edição da Semana da Justiça pela Paz em Casa, é trabalhar o tema da violência contra a mulher, identificando-o o ciclo de agressão em seu início. Esse momento é muito importante e mostra a articulação de nossa rede aqui no município, no sentido de fortalecer e sensibilizar as mulheres para essa temática, com foco na vertente da educação e da sensibilização”, pontuou a assistente social do TJPE, Fernanda Freire.

A coordenadora do Programa Coleta Seletiva, Kelly Sales, mostrou-se satisfeita com o engajamento da Prefeitura de Jaboatão, com o Poder Judiciário e o Centro Maristela Just no sentido de atuarem em parceria em prol da inclusão social e também da busca pelo empoderamento das mulheres que atuam na cooperativa do programa. “É de muita relevância a promoção dessa palestra, pois proporciona um espaço de orientação para essas mulheres, que na maioria são as provedoras de suas casas. É importante que elas saibam a que instituições recorrerem no caso de passarem por dificuldades no tema da violência contra a mulher”, afirmou Kelly Sales.

A gerente do Centro de Referência da Mulher Maristela Just, Carla Mendonça, também destacou a relevância social da parceria institucional. “Essa palestra, ministrada pela Vara da Mulher de Jaboatão dos Guararapes, é de extrema importância, pois além de sensibilizar e orientar, também empodera mulheres que se encontram em estado de vulnerabilidade social”, pontuou Carla Mendonça.

Mulheres catadoras - As cooperativas do programa Coleta Seletiva da Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes que estiveram presentes no evento da Vara da Mulher de Jaboatão foram a Cooperativa Sítio Carpina, que conta com a atuação de 11 mulheres; a Cooperativa Maria da Penha, que possui 8 mulheres em sua estação de trabalho; a Cooperativa Purpurana, que tem 13 mulheres atuando em seu galpão; e Recicla Vila Rica, que conta atualmente com a atuação de 11 mulheres.

Semana pela Paz em Casa - O evento nacional promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) está em sua 19ª edição, teve início nesta segunda-feira (22/11), e seguirá até a sexta-feira (26/11). A ação tem como objetivo ampliar a efetividade na aplicação da Lei Maria da Penha e agilizar o andamento de processos sobre violência de gênero no Judiciário nacional.
....................................................................
Texto: Micarla Xavier | Ascom TJPE
Fotos: Armando Artoni | K9 Produções e Eventos