Notícias

Voltar

Memorial da Justiça recebe Secretaria da Mulher do Recife para capacitação do Programa Mãe Coruja

 
Atividade voltada para psicólogas, enfermeias e assistentes sociais do programa da Prefeitura do Recife tratou de questões de cidadania e gênero, abordando também a importância do acervo de processos judiciais históricos que revelam relações e transformações sociais
 
 
O Memorial da Justiça recebeu representantes da Secretaria da Mulher do Recife, na terça-feira (24/11) e na quarta-feira (25/11),  para capacitação de duas turmas de psicólogas, enfermeiras e assistentes sociais do Programa Mãe Coruja, da Prefeitura do Recife. O programa, presidido pela pediatra e primeira-dama da cidade, Cristina Mello, é voltado para a redução das estatísticas de mortalidade materno-infantil por meio do acompanhamento e monitoramento de gestantes em situação de vulnerabilidade social.
 
Conduzida pela gerente geral de Relações Intersetoriais da Secretaria da Mulher do Recife, Elizabeth Severien, a capacitação desenvolveu reflexões e discussões sobre a posição da mulher na sociedade a partir da exibição de vídeos. O primeiro foi "A Vovozinha e o Feminismo", uma produção da TV Brasil que analisa a herança do movimento feminista brasileiro na sociedade atual por meio de depoimentos, imagens de arquivo e esquetes. O outro vídeo, da Secretaria de Políticas para as Mulheres do Governo Federal, homenageia as pioneiras no processo de mudança da posição da mulher no Brasil. 
 
Ao final, Gabriela Severien, coordenadora do Núcleo Educativo do Memorial, Gabriela Severien, dirigiu-se às participantes da capacitação para falar sobre o trabalho desenvolvido pelo centro de memória do Tribunal. Falou das atividades pedagógicas voltadas para crianças e adolescentes, com quem se trabalha a questão da cidadania, incluindo a questão de gênero. E destacou a importância do acervo de processos judiciais históricos que revelam relações e transformações sociais, estando acessível a pesquisadores e ao público em geral. "O nosso espaço é um espaço de discussão", salientou.  
 
Segundo Carmen Sandra Albuquerque, coordenadora do Programa Mãe Coruja Recife, o objetivo da capacitação é propiciar uma conversa que possa reverberar no atendimento realizado pelas participantes nas comunidades. Ela comunicou a intenção de trazer mulheres atendidas pelo programa para conhecer o prédio histórico do Memorial e as exposições atualmente em exibição naquele espaço: "Uma Questão de Justiça" e "Menino, quem foi seu mestre?".
 
...................................................................................................................
 
Texto: Anna Santoro  |  Memorial da Justiça de Pernambuco
 
Foto: Jair Alves  |  Agência Rodrigo Moreira