Notícias

Voltar

Mulher, sustentabilidade, infância e juventude, conciliação e história: TJPE promove exposição dos trabalhos desenvolvidos pela instituição

Marcas dos 195 anos do TJPE em diferentes cores. Algarismos um, nove e cinco são formados pelos rostos de diversas pessoas
Atividade visa a orientar as pessoas e integra programação de aniversário do Tribunal

Em comemoração aos 195 anos do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), a agenda de ações segue nesta quarta-feira (16/8), das 10h às 16h, com uma exposição dos trabalhos desenvolvidos pelo Judiciário estadual, realizada no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, Ilha Joana Bezerra, no Recife. O evento é aberto ao público, que receberá orientações sobre sustentabilidade, conciliação, negociação de dívidas, cidadania, adoção e apadrinhamento de crianças e adolescentes, enfrentamento à violência contra a mulher e pesquisa no campo da história do Judiciário com uma exposição do seu trabalho em diversos setores. Os estandes ficarão no Hall Monumental do prédio.

Representantes do Memorial da Justiça de Pernambuco estarão no Fórum com a reprodução de uma imagem da exposição “Uma Questão de Justiça”, onde as pessoas poderão tirar fotografias e vestir as indumentárias que fazem parte do acervo do Memorial. Serão ainda exibidos vídeos que falam da história dos processos do Memorial e dos projetos da instituição. O Memorial também promoverá a exposição "Transtorno do Espectro Autista: conscientizar e garantir o cumprimento das leis é preciso!" em parceria com o grupo Super Mães. A mostra itinerante, composta por 16 banners, é uma iniciativa do grupo, que surgiu nas redes sociais há menos de dois anos e hoje reúne cerca de 150 mães de crianças autistas. Atuando conjuntamente, elas buscam acolhimento, conscientização e respeito aos direitos dos filhos.
 
Na área de saúde e preservação do meio ambiente, o Núcleo de Sustentabilidade do TJPE em parceria com a equipe de Fundação de Hematologia de Pernambuco (Hemope) prestará esclarecimentos sobre doação de sangue e de medula óssea; e com o pessoal da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), promoverá atividade educativa sobre eficiência energética. O grupo teatral Rosa dos Ventos, da Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), realizará intervenções a respeito de coleta seletiva; a ONG Moradia e Cidadania fará distribuição de papel semente; os grupos Dona Jardineira e Cosméticos Natureba terão exposição de flores e cosméticos, respectivamente; e a Mimi Cozinha trará lanches naturais.

O combate à violência doméstica também será tema do evento promovido no Fórum. No local, mulheres e homens conhecerão os projetos desenvolvidos nas dez Varas de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher no Estado, que estarão expostos por meio de banners e fotografias. Servidores e magistrados que atuam na área explicarão também de que forma se proteger e denunciar a violência doméstica através do trabalho de órgãos e instituições que junto ao TJPE participam da Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica. Entre as instituições que participam da rede estão: Central de Atendimento à Mulher, Polícia Militar, Delegacias Especializadas da Mulher e Centro de Atendimento às Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Sexista.

A população ainda terá acesso a informações sobre as ações sociais e de conciliação promovidas pelo Tribunal, por meio do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec). Para saber como agir em caso de negociação de dívidas, os cidadãos poderão conhecer as atividades do Programa de Tratamento de Consumidores Superendividados (ProEndividados) do TJPE, instalado no Recife e em Caruaru. Todos os serviços e ações de conciliação promovidos pelo Judiciário estadual serão divulgados, assim como os locais em que são realizados os acordos, como a Central de Audiências do Fórum do Recife. Além das atividades de conciliação, os eventos sociais promovidos pelas três Casas de Justiça e Cidadania do Tribunal serão divulgados. Nas instituições, implantadas nos bairros do Coque, do Bongi, no Recife; e do Carmo, em Olinda, são desenvolvidas ações de saúde, de capacitação e serviços de regularização de cidadania como emissão de documentos.

Os temas adoção e apadrinhamento de crianças e adolescentes estarão também presentes no evento. Integrantes da Infância e Juventude do Tribunal explicarão o passo a passo da adoção: como requerer o cadastramento junto à vara especializada, requisitos necessários para adotar e trâmite processual, dentre outros assuntos. No estande da Infância e Juventude, ainda serão apresentados os programas de apadrinhamento desenvolvidos pelo Tribunal como o Pernambuco que Acolhe, que atua em todo o Estado. Por meio da iniciativa é possível apadrinhar crianças e adolescentes que vivem em instituições de acolhimento por meio de apoio afetivo, financeiro ou profissional.

As ações pelo aniversário do TJPE seguem até 30 de agosto. Confira a programação:

16 de agosto
Das 10h às 16h
Orientações sobre sustentabilidade, conciliação, negociação de dívidas, cidadania, adoção e apadrinhamento de crianças e adolescentes, enfrentamento à violência contra a mulher e pesquisa no campo da história do Judiciário. Atividade no Hall Monumental do Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano.
Endereço: Avenida Desembargador Guerra Barreto, s/n, Ilha Joana Bezerra, no Recife

19 de agosto
Oficina de bonecas Abayomi, no Memorial da Justiça de Pernambuco
Inscrições abertas através do e-mail memorial.educativo@tjpe.jus.br, informando nome completo, idade, contato telefônico e se possuem algum tipo de deficiência.
São 35 vagas, sendo 20 para adultos e 15 para crianças maiores de 7 anos de idade.
9h – Saída de ônibus do Palácio da Justiça (bairro de Santo Antônio) com destino ao Memorial da Justiça (Brum)
9h30 – Início da oficina

26 de agosto
Portas Abertas para a História, no Palácio da Justiça, com grupo de teatro Trupe do Faz e Conta
Inscrições abertas através do e-mail cerimonial@tjpe.jus.br, informando nome completo e telefone para contato.
São 40 vagas. Podem participar pessoas a partir de 7 anos de idade.
9h – Início da visita guiada ao Palácio da Justiça

30 de agosto
Das 8h às 17h30
Fórum ‘A síndrome congênita do Zika vírus e o novo olhar sobre o direito de inclusão’, no auditório do Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano
Endereço: Avenida Desembargador Guerra Barreto, s/n, Ilha Joana Bezerra, no Recife
São oferecidas 100 vagas para o público externo. As inscrições podem ser feitas de 15 a 23 de agosto através do e-mail ej.forum.zicalbi@tjpe.jus.br, informando nome completo e telefone para contato.

As atividades pelos 195 anos são organizadas pelo Gabinete da Presidência e pelas assessorias de Cerimonial e de Comunicação Social do TJPE. As ações contam com o apoio da Diretoria Geral; das secretarias Judiciária, de Gestão de Pessoas, de Administração e de Tecnologia da Informação e Comunicação; da Diretoria do Foro da Capital e das administrações do Palácio da Justiça e do Rodolfo Aureliano; da Assistência Policial Militar e Civil; do Memorial da Justiça de Pernambuco; do Núcleo de Sustentabilidade; do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos; da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar; da Coordenadoria da Infância e Juventude; e das diretorias de Infraestrutura e de Engenharia e Arquitetura do Tribunal.
..........................................................................................................
Texto: Ivone Veloso | Ascom TJPE
Revisão: Francisco Shimada | Ascom TJPE
Imagem: Núcleos de Publicidade e Design | Ascom TJPE