Últimas Notícias em destaque

Voltar

Nova Mesa Diretora do TJPE toma posse nesta quinta-feira (4/2)

 
Desembargadores Fernando Martins, Roberto Ferreira Lins, Leopoldo Raposo e Adalberto Melo tomam posse em sessão solene no Palácio da Justiça, a partir das 17h
 
 
A nova mesa diretora do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) toma posse nesta quinta-feira (4/2). Eleita para o biênio 2016/2017, tem como presidente o desembargador Leopoldo Raposo, 1º vice-presidente o desembargador Adalberto de Oliveira Melo, 2º vice-presidente o desembargador Fernando Martins e corregedor geral da Justiça o desembargador Roberto Ferreira Lins. A solenidade acontece a partir das 17h, no Salão de Sessões do Pleno no Palácio da Justiça, localizado no Bairro de Santo Antônio. Antes, será realizada uma Missa em Ação de Graças, às 9h30, na Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, na Rua do Imperador, ao lado do Palácio da Justiça.
 
A eleição para a nova mesa foi realizada em novembro de 2015. Em seu pronunciamento após ser escolhido para presidir o Judiciário pernambucano, o desembargador Leopoldo Raposo agradeceu aos familiares e a seus pares. "Que façamos todos uma profícua administração. É um desafio, dadas as circunstâncias econômicas que o país atravessa", considerou. O atual presidente do TJPE, desembargador Frederico Neves, desejou à nova mesa diretora uma gestão frutuosa.
 
Leopoldo Raposo – O desembargador Leopoldo de Arruda Raposo, 67 anos, foi promovido ao cargo pelo critério de antiguidade no dia 17 de março de 2003. Formado pela Unicap em 1973 e pós-graduado em Administração Pública pela Escola de Serviços Urbanos, ligada à Presidência da República, Leopoldo Raposo começou sua carreira em 1981, nas comarcas de Poção e Pesqueira. No ano seguinte, foi promovido para a 2ª entrância na comarca de Ouricuri. Em 1985, chegou ao Recife, onde exerceu o cargo de Juiz Titular da 1ª Vara de Sucessões e Registros Públicos. Como desembargador, presidiu a 5ª Câmara Cível e a 1ª Câmara Criminal, e foi diretor da Escola Superior da Magistratura de Pernambuco. Compõe a Corte Especial do Tribunal de Justiça. Em fevereiro de 2014, foi eleito 1º vice-presidente do Tribunal, tendo sido eleito presidente para o biênio 2016/2017. É casado e pai de dois filhos.
 
Adalberto Melo – Nascido em 16 de novembro de 1951 na cidade de Caruaru, assumiu o cargo de juiz de direito aos 29 anos na comarca de Pedra. Em 1986 foi promovido a juiz substituto da Capital. Um ano depois, passa a exercer a função de juiz auxiliar da Corregedoria Geral da Justiça. O magistrado foi ainda Juiz Eleitoral de Salgueiro, em 1988. No ano seguinte, foi membro do Colégio Recursal dos Juizados Especiais por dois anos. Integrou ainda a Comissão de Estudos Preliminares, elaborando o esboço do anteprojeto do novo Código de Organização Judiciária do Estado de Pernambuco. Em 1992, foi designado Juiz Titular do I Colégio Recursal e, desde 1997, respondia pela 18ª Vara Cível da Capital. Adalberto Melo foi promovido a desembargador pelo critério de antiguidade em 2004. Foi membro eleito da Corte Especial nos anos de 2010 a 2012. Assumirá, em fevereiro de 2016, o cargo de 1º vice-presidente do Tribunal.
 
Fernando Martins – Nasceu no Recife no ano de 1949. Formado em direito pela Universidade Federal de Pernambuco em 1973. Advogou até 1978, quando fez concurso para o cargo de delegado de Polícia e ficou até 1982, sendo promovido por merecimento a delegado da Capital. Em dezembro de 1982, foi nomeado juiz de direito de Araripina, cumulando as comarcas de Exu e o termo de Trindade. Atuou mais tarde em Aliança, Olinda, Limoeiro e Paulista. Pelo critério de merecimento, foi promovido a juiz de direito da Capital, ocupando a 3ª Vara da Fazenda Pública, sendo posteriormente removido para a Vara da Fazenda Municipal. Por permuta, foi nomeado Juiz de Direito da 1ª Vara Cível da Capital. O desembargador Antônio Fernando Martins é casado e tem cinco filhos. Passará a ser 2º vice-presidente do TJPE a partir de fevereiro de 2016.
 
Roberto Ferreira Lins – Nascido em 1951 no Recife, o desembargador Roberto Ferreira Lins formou-se em direto pela Universidade Católica de Pernambuco, em 1975. Em outubro de 1982, foi nomeado juiz de direito substituto de 1ª Entrância, designado para a comarca de Flores. Posteriormente, exerceu a judicatura nas comarcas de Rio Formoso, Barreiros e Olinda. Em 1991, tornou-se juiz de direito titular na 2ª Vara do Júri da Capital, onde atuou por mais de dez anos. Foi promovido a desembargador em outubro de 2004, pelo critério de merecimento, à unanimidade de votos. Em 2009, foi eleito para presidir o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco. Eleito pelos seus pares para o cargo de corregedor geral da Justiça no biênio 2016/2017.
 
................................................................................................
 
Redação | Ascom TJPE
 
Foto: Assis Lima | Ascom TJPE