Últimas Notícias em destaque

Voltar

Novo desembargador toma posse nesta quarta-feira (16/3)

 
O presidente do TJPE, desembargador Leopoldo Raposo, recebeu Sílvio Neves Baptista Filho nesta terça (15/3), após indicação do governador Paulo Câmara a partir da lista tríplice formada pelo Tribunal Pleno
 
 
O novo desembargador que integrará o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) já foi indicado pelo governador Paulo Câmara. A posse formal de Sílvio Neves Baptista Filho acontece às 17h desta quarta-feira (16/3), no Gabinete da Presidência, no Palácio da Justiça, localizado no bairro de Santo Antônio. O novo membro do Tribunal se reuniu com o presidente do Judiciário estadual, desembargador Leopoldo Raposo, nesta terça-feira (15/3). Ele ocupará a vaga deixada pelo desembargador Gustavo Lima, que se aposentou no dia 9 de julho de 2015, e atuará na Câmara Regional sediada em Caruaru.
 
Sílvio Neves Baptista Filho foi eleito entre representantes da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Pernambuco (OAB-PE) para integrar o TJPE através do Quinto Constitucional. Além dele, foram escolhidos pelo Pleno do Tribunal para compor a lista tríplice os advogados José Antônio Fonseca Mello e Carlos Gil Rodrigues.
 
A eleição aconteceu na última segunda-feira (14/3). Participaram da votação 50 desembargadores. A lista tríplice foi levada pelo presidente do TJPE no mesmo dia para o governador. Com a entrada de Sílvio Neves, o Tribunal passará a contar com 52 desembargadores. 
 
PERFIL - Nascido no Recife em 1972, Sílvio Neves Baptista Filho é sócio do escritório Sílvio Neves Baptista Advogados Associados desde 1997. Entre 2014 e 2015 e de 2004 a 2009, foi Conselheiro Estadual da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Pernambuco (OAB-PE). Atua nas áreas de direito empresarial, bancário, trabalhista, administrativo, direito do consumidor, de família, de sucessões, societário, eleitoral, arbitragem e falências. Bacharel em direito pela Universidade Católica de Pernambuco (1996), tem pós-graduação em direito da economia e da empresa pela Fundação Getúlio Vargas (2001). É cofundador do Instituto Egídio Ferreira Lima de Direito Público e sócio fundador do Instituto de Direito de Família de Pernambuco.
 
.............................................................................................
 
Texto: Rebeka Maciel | Ascom TJPE