Últimas Notícias em destaque

Voltar

Novos desembargadores da 1ª Câmara Regional do TJPE tomam posse formal

Solenidade ocorreu nesta terça-feira (28/4) no gabinete do presidente Frederico Neves


Tomaram posse nesta terça-feira (28/4) os três novos desembargadores do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). A solenidade ocorreu no Gabinete da Presidência da Corte Estadual, no Palácio da Justiça. Márcio Aguiar, Humberto Vasconcelos e Waldemir Tavares vão atuar na 1ª Câmara Regional do Poder Judiciário do Estado, sediada em Caruaru.

Os desembargadores foram escolhidos durante sessão do Pleno do Tribunal na última segunda-feira (27/4). Juízes de carreira, Márcio Aguiar e Humberto Vasconcelos foram eleitos pelos critérios de antiguidade e merecimento, respectivamente. Já Waldemir Tavares foi indicado pelo governador Paulo Câmara, após compor lista tríplice formada a partir dos votos dos desembargadores do TJPE.

Com a posse dos três novos desembargadores, começa a funcionar a 2ª Turma da 1ª Câmara Regional do TJPE, na qual serão julgadas ações de matéria cível, criminal e fazendária, atendendo demandas do 2º Grau de Jurisdição advindas do Agreste e Sertão do Estado. A 1ª Turma está em atividade desde 9 de fevereiro de 2015 e teve a primeira sessão ordinária em 15 de abril. Os desembargadores Eudes França, Carlos Moraes e Fábio Eugênio de Oliveira Lima, que integram o órgão, colegiado, já julgaram mais de 1.000 processos.

Na solenidade, o presidente do Tribunal, desembargador Frederico Neves, destacou o compromisso ético e a dedicação dos três novos membros da Câmara Regional. "Que todos possam dar uma contribuição efetiva ao jurisdicionado interiorano. O Estado precisa crescer como um todo, e a Câmara Regional é indutora e catalisadora desse desenvolvimento", sublinhou.

O decano do Tribunal, desembargador Jones Figueirêdo, deu as boas vindas aos novos integrantes da Corte. "Os novos desembargadores chegam com essa missão maior de se aproximar do jurisdicionado para fazer a Justiça mais presente no interior do Estado. Esses três novos colegas vão buscar reposicionar o 2º Grau na geografia da magistratura", declarou.

Márcio Aguiar mostrou-se entusiasmado ao iniciar uma nova fase no Judiciário Estadual. "É um desafio, e fico grato de chegar à Câmara Regional, criada por iniciativa inovadora do presidente Frederico Neves. Ao julgar os processos do Agreste e Sertão, ficaremos mais perto do jurisdicionado. Continuarei com o mesmo propósito de quando atuava como magistrado do 1º Grau, que é servir à população", pontuou.

Com 25 anos de dedicação à magistratura, Humberto Vasconcelos afirmou que contribuirá com o mesmo afinco com o qual desempenhou suas funções na área da Infância e Juventude, no 1º Grau. "Além do compromisso de servir incondicionalmente à Justiça e à causa do bem, permanecerei firme no cultivo e semeadura daquilo que considero ser a essência da Justiça: dar a cada um o que é seu e fazer aos outros o que desejamos a nós mesmos."

Waldemir Tavares, com uma carreira de 16 anos no Ministério Público, agradeceu a confiança dos desembargadores e asseverou que cumprirá fielmente o ofício da magistratura. "Com energia e entusiasmo irei me dedicar diuturnamente à Câmara Regional, experiência inovadora e de grande importância para os jurisdicionados do Agreste e Sertão pernambucano", afirmou.

Os novos desembargadores Waldemir Tavares, Márcio Aguiar e Humberto Vasconcelos passam a compor a 2ª Turma da 1ª Câmara Regional do Tribunal, sediada em Caruaru


Perfis

Márcio Aguiar – Prestes a completar 30 anos na magistratura, em junho deste ano, Márcio Aguiar, 65 anos, iniciou a carreira no TJPE como juiz substituto da Comarca de Rio Formoso. Atuou também em Camaragibe, Olinda e Jaboatão dos Guararapes, além de Fernando de Noronha. Desde 1997, era juiz titular da 4ª Vara de Sucessões e Registros Públicos da Capital. Passou a desempenhar a função de desembargador substituto do TJPE a partir de 1999, e desde 2013 exercia a função de desembargador substituto do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE).

Humberto Vasconcelos – Em 1990, ingressava na magistratura estadual Humberto Vasconcelos, que chega ao cargo de desembargador aos 53 anos. Iniciou a carreira na comarca de Tacaratu e foi ainda juiz de Feira Nova, Carpina, Paudalho, Nazaré da Mata, Lagoa do Carro e Lagoa de Itaenga antes de ser promovido para a Capital. Nos últimos anos, era titular da Vara Regional da Infância e Juventude da 1ª Circunscrição Judiciária do Recife. É professor da Escola Superior da Magistratura e membro titular da Comissão Estadual Judiciária de Adoção (Ceja). De 2008 a 2012, Humberto Vasconcelos dirigiu o Foro da Capital. Também presidiu o Fórum Nacional de Justiça Juvenil (Fonajuv) entre 2009 e 2013. No biênio 2006/2008, foi coordenador da Infância e Juventude do TJPE.

Waldemir Tavares – Nascido no Recife, Waldemir Tavares de Albuquerque, 41 anos, formou-se em direito em 1996, na Universidade Católica de Pernambuco (Unicap). Ingressou no Ministério Público de Pernambuco (MPPE) em 1999. Atuou nas Promotorias de Ouricuri, Jataúba, Brejo da Madre de Deus, São Lourenço da Mata, Jaboatão e Recife. Ao longo da carreira como promotor de Justiça, exerceu também os cargos de coordenador da Assessoria Técnica em Matéria Criminal, coordenador do Caop de Fundações e Entidades Assistenciais, coordenador de gabinete do procurador geral de Justiça e chefe de gabinete.

..................................................................................................

Texto: Cláudia Vasconcelos | Ascom TJPE

Fotos: Anderson Freitas | Agência Rodrigo Moreira