Últimas Notícias em destaque

Voltar

PJe alcança 500 mil processos no TJPE

O Poder Judiciário do Estado de Pernambuco atingiu neste mês de abril de 2016 a marca de 500.000 processos eletrônicos protocolados. Com 204 órgãos julgadores dotados do Processo Judicial Eletrônico (PJe), a Corte Estadual pernambucana planeja implantar o sistema em 100% das unidades judiciais cíveis até 2017.
 
Até a última quinta-feira (28/4), haviam sido protocolados 485.111 processos eletrônicos na 1ª Instância da Justiça de Pernambuco. Outros 15.586 ingressaram na 2ª Instância. "Essas cifras expressivas denotam o compromisso que o Poder Judiciário do Estado assumiu com a elevação da qualidade da prestação jurisdicional, através do investimento em tecnologia", enfatiza o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, desembargador Leopoldo Raposo.
 
A Capital, Recife, e outras 22 comarcas já dispõem do PJe em varas judiciais de competência cível, de família, executivos fiscais, da fazenda municipal e estadual e de sucessões e registros públicos. Também operam com o sistema Juizados Especiais Cíveis, Turmas Recursais Cíveis e Centrais de Conciliação, Mediação e Arbitragem.
 
Em 2015, o PJe alcançou os gabinetes do 2º Grau de Jurisdição no Tribunal de Justiça de Pernambuco, com a utilização do sistema para ações da esfera cível e fazendária nos gabinetes da 1ª Câmara Regional do TJPE, sediada em Caruaru, na Região Agreste do Estado.
 
Implantado pelo TJPE em 2011, o PJe contribui para o ganho de espaço físico, pois substitui os volumes em papel, e confere mais agilidade, transparência e segurança à tramitação processual. A Resolução CNJ 185/2013 define que o sistema deve ser adotado por todo o Judiciário brasileiro até o fim de 2018.
 
.......................................................................................................
 
Texto: Cláudia Vasconcelos | Ascom TJPE
 
 
Data de publicação: 29/4/2016