Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira
Voltar

Presidente do TJPE recebe entidades para debater compatibilização do Calendário do Judiciário

O calendário do Judiciário poderá ser analisado pelo Comitê de Priorização do 1º Grau

Representantes da Associação do Ministério Público (AMPPE), OAB e Defensoria Pública participaram da reunião

 
O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Leopoldo Raposo, recebeu, na segunda-feira (19), em seu gabinete, no Palácio da Justiça, representantes de instituições da área judiciária. Na pauta, a compatibilização do calendário do Judiciário.
 
Estiveram presentes, o presidente da Associação do Ministério Público de Pernambuco (AMPPE), Roberto Brayner; o secretário-geral da AMPPE, Marcos Carvalho; a diretora da Escola Superior do Ministério Público (ESMP-PE), Deluse Amaral; o sub-defensor geral do Estado, José Fabrício Silva de Lima; o secretário-geral da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PE), Fernando Lins; o presidente da Associação dos Defensores Públicos (ADEPPE), Edmundo Siqueira Campos; e o juiz assessor da Presidência, Ailton Alfredo. 
 
O presidente do TJPE, desembargador Leopoldo Raposo, disse que a compatibilização das diversas agendas do Judiciário poderá ser analisada pelo Comitê de Priorização do 1º Grau. 
 
O presidente da Associação do Ministério Público de PE (AMPPE), Roberto Brayner, disse que o calendário do Judiciário propõe, entre outras medidas, a criação das férias preferenciais (em janeiro) e a determinação de datas para a realização de eventos e formações, a fim de aprimorar os serviços prestados à sociedade. "Será um espaço democrático em que a agenda e o calendário poderão ser construídos coletivamente no ano anterior, possibilitando a superação de eventuais obstáculos e garantindo mais espaço para capacitação, sem prejudicar o cidadão", reforçou.
 
 
...........................................................................
Texto:Andréa Pessoa | Ascom TJPE
Foto: Assis Lima | Ascom TJPE