Notícias

Voltar

Presidente do TJPE toma posse na Academia Pernambucana de Letras Jurídicas

 
Desembargador Frederico Neves ocupa a cadeira de número 13, cujo patrono é Clóvis Beviláqua
 
 
O presidente do TJPE, desembargador Frederico Neves, tomou posse como membro da Academia Pernambucana de Letras Jurídicas (APLJ) em solenidade nesta quinta-feira (28/1), no Salão do Pleno do Palácio da Justiça. Passou a ocupar a cadeira de número 13 da instituição, que tem como patrono Clóvis Beviláqua e estava vaga desde o falecimento do filósofo, sociólogo e jurista Nelson Saldanha, em 2015.
 
A cerimônia foi prestigiada por desembargadores, juízes e servidores do TJPE, membros da Academia e outras personalidades do mundo jurídico. Em seu discurso, o chefe do Poder Judiciário do Estado expressou alegria pela escolha de seu nome para integrar a APLJ. Lembrou sua trajetória de mais de 30 anos como magistrado e também como docente, marcada pelo empenho em fazer a Justiça atender aos anseios da cidadania.
 
"Como homem dedicado à magistratura e ao magistério, sinto-me hoje particularmente honrado e feliz por ver meu esforço coroado com tão elevada distinção", agradeceu Frederico Neves, que, além de ser desembargador do TJPE desde 2002, exerce a função de professor na Universidade Católica de Pernambuco, na área de processo civil. "Quando assumi a presidência deste Tribunal, procurei voltar todas as minhas energias com vistas a uma maior aproximação do Poder Judiciário com o povo de Pernambuco", acrescentou.
 
Na ocasião, também tomaram posse a juíza do trabalho Roberta Corrêa de Araújo Monteiro, que se tornou membro efetivo, e o professor doutor Antônio Carlos Palhares Moreira Reis, que recebeu o título de membro honorário. O desembargador Jones Figueirêdo Alves, decano do TJPE, saudou os homenageados.
 
........................................................................................................
 
Redação | Ascom TJPE
 
Foto: Anderson Freitas | Agência Rodrigo Moreira