Notícias Notícias

Voltar

Salas do Tribunal do Júri são inauguradas após reforma

Presidente do TJPE, magistrados e diretores descerrando a placa de inauguração
Integrantes do TJPE participam da inauguração das salas do 1º e 2º Tribunal do Júri 

O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Fernando Cerqueira, inaugurou, nesta quarta-feira (5/1), as salas do 1º e 2º Tribunal do Júri, localizados no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano. Os locais passaram por intervenções de melhorias durante o período da pandemia. Na reforma, as poltronas existentes nas salas ganharam novos revestimentos e o piso de carpete foi substituído pelo de vinílico. Também foram realizadas a troca do carpete das paredes próximas à sala de som e a pintura dos dois ambientes. Confira as fotos.  

Na ocasião, a magistrada e diretora do Foro da Capital, Paula Malta agradeceu ao chefe do Judiciário pernambucano pela confiança e por todo o apoio prestado durante esses dois anos de gestão, que finaliza no próximo mês, e falou sobre essa realização. “Esses salões do Júri demonstram a grandiosidade do Poder Judiciário para o cidadão. Conseguimos dar um aspecto mais suave, um conforto visual e verdadeiro também”, afirmou a magistrada ao explicar a preocupação do material utilizado, que além de ser ecológico também proporciona facilidade no momento da limpeza. “Saio com muita alegria de estar encerrando um ciclo de muitas mudanças que eu creio que vieram para o bem dos usuários e dos colegas”, concluiu. 

O presidente do TJPE, desembargador Fernando Cerqueira, falou, no seu discurso, sobre algumas iniciativas realizadas na sua gestão. “Em dois anos, que é um tempo muito curto, nós fizemos muitas coisas que são possíveis de fazer dentro deste período. No ano de 2020 não conseguimos fazer obras, mas tomamos decisões estruturadoras de uma gestão que deixa o Judiciário numa situação bem mais cômoda”, afirmou o desembargador. De acordo com ele, as pequenas alterações feitas, como as chamou, como a redistribuição de espaços, trouxe ganhos para a instituição e para a sociedade. “Hoje, nós entramos no Fórum Rodolfo Aureliano e sentimos como ele está diferente. Espaços foram redistribuídos e reocupados. O Palácio da Justiça também está diferente com pequenas alterações realizadas. Em Caruaru, instalamos em Caruaru a Câmara Criminal e a Vara de Violência Doméstica”, disse.

A magistrada Gisele Vieira de Resende esteve presente na solenidade e representou os colegas da área criminal. Ela ressaltou sua gratidão nas mudanças realizadas. “Eu agradeço esse investimento na nossa qualidade de vida para que possamos prestar um serviço bacana dentro de um ambiente que também nos represente”. Também compareceram ao evento o desembargador Honório Gomes; as magistradas Catarina Vila-Nova e Fernanda Chuahy; os magistrados Dário Leite e Frederico Tompson; o secretário Judiciário, Carlos Gonçalves; o secretário de Administração, Francisco Abreu; o diretor de Engenharia e Arquitetura, Romildo Leite; o consultor jurídico, Plácido Morais, a servidora Norma de Miranda e o servidor Alan Teles.

.........................................................................
Texto: Cláudia Franco | Ascom TJPE
Fotos: Ademar Filho | K9 Produções