Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira
Voltar

TJPE e ABCC firmam convênio para retorno de atividades de coral

Membros do TJPE e da ABCC reunidos na Presidência do Tribunal
Membros do TJPE e da ABCC reunidos na Presidência do Tribunal durante assinatura de convênio
 
O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) e a Associação Beneficente Criança Cidadã (ABCC) firmaram parceria para a reativação do Coral do Judiciário estadual. O Convênio 017/2016 foi assinado na quarta-feira (6/7), no Palácio da Justiça, pelos presidentes das duas instituições: desembargador Leopoldo Raposo e desembargador aposentado Nildo Nery dos Santos. A Orquestra Criança Cidadã (OCC) integrará a atividade com professores e outros preparativos. 
 
A iniciativa foi comemorada pelos presidentes do TJPE e da ABCC. "Essa parceria permite a disseminação de cultura e também pode descobrir novos talentos. Eu fico muito satisfeito de, na nossa gestão, assinar esse convênio", declarou o desembargador Leopoldo Raposo. "É uma grande satisfação participar do retorno desse coral após dez anos desativado", afirmou o desembargador Nildo Nery em reunião que contou com a participação do diretor da OCC, juiz João Targino; do juiz auxiliar da Presidência do Tribunal, Alberto Freitas; do consultor Jurídico do TJPE, Oscar Edson Gomes de Barros; da secretária adjunta de Gestão de Pessoas, Graça Almeida; da diretora de Desenvolvimento Humano, Maísa Cavalcanti; e do assessor de Cerimonial do TJ, Silas da Costa.
 
Inicialmente, o Coral do TJPE será formado por 50 componentes entre magistrados e servidores (ativos ou inativos), bem como funcionários à disposição, estagiários e terceirizados. O projeto musical contará com apoio da regente Amilcar Aniceto e repertório formado por cantos eruditos, populares e outros estilos musicais. O convênio firmado entre o Tribunal e a Associação Criança Cidadã tem vigência de dois anos e pode ser prorrogado por expressa manifestação das instituições.
...........................................................................
Texto e foto: Redação Ascom TJPE