Últimas Notícias em destaque

Voltar

TJPE e Escola Judicial encerram Curso de Formação Inicial de Magistrados

A juíza Fabiana Morais Silva representou os formandos na solenidade que contou com a presença dos desembargadores presidente do TJPE, Frederico Neves, corregedor geral de Justiça, Eduardo Paurá, e diretor da Escola Judicial, Ricardo Paes Barreto


Cumprir a missão de julgar os conflitos com responsabilidade social. Com esta visão, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) e a Escola Judicial encerraram o Curso de Formação Inicial de Magistrados, na manhã desta sexta-feira (23/1). A cerimônia contou com a participação do presidente do TJPE, do diretor da Escola Judicial e do corregedor geral da Justiça, desembargadores Frederico Neves, Ricardo Paes Barreto e Eduardo Paurá, respectivamente. Os 61 juízes empossados em setembro de 2014 iniciam o exercício efetivo da magistratura no dia 2 de fevereiro, em comarcas do interior do Estado.

A exibição de um vídeo fez a retrospectiva do curso, que teve início no dia 1º de outubro de 2014. O vídeo expôs palestras ministradas e visitas efetuadas a fóruns do Judiciário pernambucano, Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) e órgãos auxiliares da Justiça, entre outras instituições. Escolhida para ser a oradora da turma, a nova juíza Fabiana Morais Silva fez um breve resumo do aprendizado transmitido no curso.

"Foram mais de 700 horas/aulas, que nos proporcionaram um contato diário e facilitador em nosso processo evolutivo. Que possamos desempenhar nossa função com ética e responsabilidade na distribuição de Justiça", disse.

O diretor da Escola Judicial do Tribunal, desembargador Ricardo Paes Barreto, começou seu discurso agradecendo ao trabalho dos servidores e magistrados que atuam na Escola e que se empenharam na concretização do Curso de Formação Inicial de Magistrados. Ele também ressaltou a responsabilidade social da carreira da magistratura. "Vocês iniciarão suas respectivas carreiras mais seguros. A sociedade precisa de juízes com visão e responsabilidade social", afirmou.

O chefe do Judiciário estadual, desembargador Frederico Neves, destacou a importância do curso afirmando que a partir de hoje os novos juízes do TJPE começam uma nova fase em suas vidas. "A magistratura é feita de sacrifícios, mas também de esperança. O juiz há que se portar com firmeza de caráter, equilíbrio de temperamento, bom senso e compostura em sua vida privada e pública", disse o presidente do TJPE. A cerimônia foi encerrada com a distribuição de certificados aos novos magistrados.

...............................................................................................

Texto: Micarla Xavier | Ascom TJPE

Fotos: Anderson Freitas | Agência Rodrigo Moreira