Últimas Notícias em destaque

Voltar

TJPE inaugura Núcleo de Conciliação para solucionar queixas de clientes da Compesa

A coordenadora da Central dos Juizados Especiais, juíza Ana Luiza Câmara, recebeu o diretor-presidente da Compesa, Roberto Tavares, para a inauguração do serviço

 

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) passou a contar com um núcleo de conciliação pré-processual voltado para promover acordos entre a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e a população. A parceria foi firmada nesta quarta-feira (8/4), na Central dos Juizados Especiais, no bairro da Imbiribeira, Recife, onde a unidade foi instalada. No local, os cidadãos poderão resolver suas demandas com a Companhia sem necessidade de abrir processo judicial.

A Compesa é o segundo maior demandante nos Juizados Especiais do Estado, atrás apenas da Celpe. Somente em 2014, houve 2.635 demandas relativas à empresa. Agora, tanto Compesa quanto Celpe contam com serviço de conciliação pré-processual para agilizar a resolução de reclamações. Consumidores que tiverem queixas a respeito dos serviços de água e esgoto podem procurar o núcleo da Compesa, que funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30, na Sala 8 da Central dos Juizados.

O novo núcleo foi inaugurado pela coordenadora dos Juizados Especiais do TJPE, juíza Ana Luiza Câmara, e pelo diretor-presidente da Compesa, Roberto Tavares. "Esses núcleos de conciliação pré-processual são instalados a partir do levantamento do número de demandas das empresas. O objetivo é promover uma solução mais rápida e eficiente dos litígios. O cidadão sairá daqui com sua questão resolvida imediatamente. E caso não obtenha satisfação no acordo, poderá acionar os Juizados ou a Justiça Comum pela via processual", explica a juíza Ana Luíza Câmara.

Para Roberto Tavares, o convênio firmado com o TJPE é bastante positivo para a Compesa. "Entendemos que a instalação desse núcleo vai melhorar a relação com os nossos clientes, propiciando acordos, além de economia de tempo e custos. Será eficiente para os clientes, para a Compesa e para o Tribunal de Justiça", afirma.

Este é o segundo núcleo de conciliação pré-processual de grandes demandantes instalado na gestão do atual presidente do Tribunal, desembargador Frederico Neves. Em outubro de 2014, um convênio foi firmado com a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe).

.........................................................................

Texto: Micarla Xavier | Ascom TJPE

Foto: Assis Lima | Ascom TJPE