Últimas Notícias em destaque

Voltar

TJPE inicia aniversário de 194 anos com missa e homenagem a ex-presidente

 

A missa foi celebrada na Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, no bairro de Santo Antônio
 
O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) iniciou as comemorações dos 194 anos de existência com uma missa em ação de graças. O ato religioso foi celebrado nesta segunda-feira (15/8), às 9h, na Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, no bairro de Santo Antônio. A cerimônia contou com a presença do presidente do TJPE, desembargador Leopoldo Raposo, entre magistrados e servidores.
 
A missa foi celebrada pelo pároco da Igreja Nossa Senhora da Piedade, padre Francisco Caetano Pereira e co-celebrada por Dom Marcelo Gomes. Em seu sermão, Dom Marcelo destacou a importância da imparcialidade na prática jurídica, a grandeza do ofício da magistratura para o bem-estar social, e parabenizou o Tribunal pela busca de uma atuação voltada para uma boa prestação jurisdicional. "Parabéns ao Tribunal e a todos que se doam e vestem a camisa da instituição para melhor servir ao cidadão", disse. Durante a cerimônia, o desembargador Leopoldo Raposo participou da Liturgia da Palavra, fazendo a leitura do Livro de Provérbios de Salomão. A esposa do desembargador Leopoldo, Ismênia Pires Raposo, fez a leitura do Livro de Romanos, salmos 3:21 a 26.
 
 A saudação ao ex-presidente, desembargador Frederico Neves, foi feita pelo desembargador Leopoldo 
 
O ciclo de eventos em comemoração aos 194 do TJPE seguiu com a aposição da fotografia do desembargador Frederico Neves na Galeria de Ex-Presidentes do Tribunal, localizada no 1º andar, do Palácio da Justiça de Pernambuco. O desembargador foi presidente do Tribunal no biênio 2014/2015. A homenagem aconteceu às 10h e contou com a presença de magistrados e servidores do TJPE, além de representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.
 
A saudação ao ex-presidente do Tribunal foi feita pelo desembargador Leopoldo Raposo. O atual dirigente do Judiciário estadual ressaltou como principais ações da gestão de Frederico Neves, a descentralização da atuação do TJPE, com a criação da Câmara Regional de Caruaru que já julgou mais de 10 mil processos; e a duplicação de atendimento das 34 varas cíveis da Capital, com a implantação das seções A e B das unidades judiciárias, que funcionam das 7h às19h, promovendo mais celeridade na resolução de processos.
 
Para finalizar o discurso, o desembargador enfatizou ainda a expansão do Processo Judicial eletrônico, que atingiu 81% de instalação nas unidades judiciárias; a criação das Centrais de Agilização Processual em Caruaru e Petrolina; e a promoção de uma série de mutirões como iniciativas importantes realizadas durante a gestão do ex-presidente. "Poderia elencar mais inúmeros feitos desenvolvidos pelo desembargador Frederico Neves, mas o que posso falar de forma resumida é que a gestão passada aproximou ainda mais a Justiça do cidadão, fazendo com que o TJPE assumisse uma posição de maior destaque no Judiciário nacional", observou.
 
A aposição do retrato do ex-presidente Frederico Neves ocorreu na manhã desta segunda-feira 
 

O desembargador Frederico Neves agradeceu a homenagem recebida e a todos os magistrados e servidores que contribuíram com o seu mandato. "Esta tradicional cerimônia, simples como deve ser, revela o respeito cultivado por este tribunal pelo seu passado. Um elegante e oportuno gesto, que se renova a cada dois anos, àqueles que, ao longo de 194 anos, presidiram esta Casa e concorreram, com o seu contributo de trabalho, para o crescimento e o prestígio do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco. Estou certo de que, quem não tem passado, não tem presente, nem tampouco terá futuro. Por isso, estendo a homenagem que hoje recebo a todos estes ex presidentes aqui retratados nesta galeria", afirmou. 

"Dediquei o melhor dos meus esforços e das minhas energias para o fortalecimento do Poder Judiciário Pernambucano. Imprimi o meu estilo, sempre atuando na verdade e na autenticidade, com respeito, simplicidade e solidariedade, buscando ser claro nas propostas e transparente nas ações, sem artifícios ou dissimulações, para bem servir aos destinatários do serviço judicial", concluiu Frederico Neves.

Confira aqui a íntegra do discurso do ex-presidente do TJPE, Frederico Neves.
 
...............................................................................................
 
Texto: Ivone Veloso   |   Ascom TJPE
Fotos: Assis Lima  |  Ascom TJPE