Notícias

Voltar

TJPE lança programa de apoio a jovens em cumprimento de medidas socioeducativas

O coordenador da Infância e Juventude do TJPE, desembargador Luiz Carlos Figueiredo (com a camisa) falou da transformação alcançada através da iniciativa

O coordenador da Infância e Juventude do TJPE, desembargador Luiz Carlos Figueiredo (com a camisa) falou da transformação alcançada através da iniciativa

Uma oportunidade de recomeço com a perspectiva de um futuro melhor. Com esse objetivo, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) lançou, na quinta-feira (21/2), o programa #PartiuFuturo - Jovens rumo à mudança, por meio da Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJ). A ação vai inserir adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas em setores do Judiciário estadual para que desenvolvam atividades de aprendizagem e prestação de serviços à comunidade. A cerimônia aconteceu no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, no Recife, com a participação de representantes de diversas entidades parceiras do programa.

A abertura contou com a apresentação cultural do grupo Cores do Amanhã, movimento social que leva cultura e cidadania por meio da arte e do esporte. Em seguida, os presentes puderam ouvir o depoimento de um jovem que contou sua experiência no cumprimento de medida socioeducativa por meio do projeto Novos Rumos, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE). “Quando eu olho para trás, só vejo sofrimento, mas agora eu só quero olhar para a frente e ver o futuro que eu tenho, todas as oportunidades que ainda virão. Agradeço a Deus e a todas as pessoas que me acolheram de braços abertos”, contou o rapaz emocionado.

Coordenador da Infância e Juventude do TJPE, o desembargador Luiz Carlos Figueiredo falou da transformação alcançada através da iniciativa. “Além da oportunidade que se dá ao jovem, é muito significativa a mudança cultural que também ocorre dentro da própria instituição que acolhe. É importantíssima a transformação de vidas que está se promovendo.” O magistrado destacou também o resultado final que deve ser almejado após a conclusão do período de cumprimento da medida. “Queremos que, no Poder Judiciário, estes processos não sejam encerrados apenas pela assinatura do juiz, não apenas com uma medida socioeducativa cumprida, mas com um bom cidadão devolvido à sociedade”, enfatizou.

A cerimônia aconteceu no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, no Recife

A cerimônia aconteceu no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, no Recife

Inicialmente cinco jovens serão encaminhados pelos Centros de Referência Especializados da Assistência Social (Creas) do Recife para participar do programa. Um dos adolescentes, que vai ser integrado ao Memorial da Justiça, fala da expectativa para o futuro. “Essa iniciativa está sendo muito boa para que jovens como eu tenham uma oportunidade, para que a gente saia dessa vida. Vai ser importante para que a gente consiga no futuro arrumar um emprego e ganhe nosso dinheiro com dignidade. A gente precisa mesmo de uma oportunidade”, explicou. Os jovens serão integrados à Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP), ao Memorial da Justiça, à Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic) e à Assessoria de Comunicação Social (Ascom).

A secretária de Desenvolvimento Social, Juventude, Política sobre Drogas e Direitos Humanos da Prefeitura do Recife, Ana Rita Suassuna Wanderley

A secretária de Desenvolvimento Social, Juventude, Política sobre Drogas e Direitos Humanos da Prefeitura do Recife, Ana Rita Suassuna Wanderley

Estiveram presentes à cerimônia o diretor do Foro do Recife, juiz Gleydson Lima; o assessor Especial do Governo do Estado e membro do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e Adolescente, Roberto Franca; a secretária de Desenvolvimento Social, Juventude, Política sobre Drogas e Direitos Humanos da Prefeitura do Recife, Ana Rita Suassuna Wanderley; o desembargador do TRE-PE, Delmiro Campos; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Pernambuco (OAB/PE), Bruno Batista; o sub-defensor Geral do Estado, Henrique Seixas; o gestor do Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA), Darlyson Macedo; o coordenador de Especialização de Esportes, Cultura e Lazer, Normando Jorge Albuquerque Melo, representando a presidente da Fundação de atendimento Socioeducativo (Funase), Nadja Alencar Vidal Pires; e o coordenador de Planejamento e Gestão Estratégica do TJPE, Luís Eduardo Saraiva Câmara.

O #PartiuFuturo é fruto da parceria da CIJ/TJPE – com participação da Coordenadoria de Planejamento e Gestão Estratégica (Coplan), do Núcleo de Sustentabilidade, da Escola Judicial de Pernambuco (Esmape) e da Vara Regional da Infância e Juventude da Capital – com a Prefeitura da Cidade do Recife (PCR), através dos Creas e da Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Política sobre Drogas e Direitos Humanos.
...........................................................................................................
Texto: Amanda Machado | Ascom TJPE
Fotos: Roberto | Cacoete Produções | Ascom TJPE