Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira
Voltar

TJPE lança projeto que amplia oportunidades para estudantes voluntários

A ação é voltada para estudantes do ensino superior, maiores de 18 anos

A adesão ao projeto acontece a partir da celebração de convênio entre as instituições de ensino com o TJPE

Possibilitar ao estudante o desenvolvimento de atividades práticas relacionadas ao curso de graduação, proporcionando o aperfeiçoamento técnico, cultural, científico e no campo das relações humanas. Esse é o objetivo do projeto “Desenvolvendo a Carreira – A Prática Profissional no Judiciário”, que é voltado para a participação voluntária de estudantes no âmbito do Poder Judiciário de Pernambuco. A inciativa foi lançada na quarta-feira (18/1) na Faculdade Joaquim Nabuco, localizada no centro de Paulista.

Coordenado pela Gerência do Serviço Voluntário, setor vinculado à Diretoria de Gestão Funcional da Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP), o projeto é regido pela Instrução Normativa n° 25/2016 e pela Lei Federal n° 9.608/98, que é a Lei do Serviço Voluntário. A ação é voltada para estudantes do ensino superior, maiores de 18 anos, matriculados a partir do 1° período nos seguintes cursos: Administração de Empresas, Biblioteconomia, Ciências Contábeis, Ciências da Computação, Direito, Economia, Educação Física, Engenharia, Enfermagem, Fisioterapia, Medicina, Pedagogia, Psicologia, Secretariado e Serviço Social.

Para apresentar o projeto e iniciar o processo de convênio, a gestora da Gerência do Serviço Voluntário, Andrea Andrade, e a diretora adjunta da Diretoria de Gestão Funcional, Ailma Cavalcanti, relataram as visitas em instituições de ensino públicas e privadas do Estado. “O projeto vem para atender às solicitações por mais oportunidades para os estudantes dos cursos mencionados, pois não há restrição quanto ao período em que estejam cursando na graduação, o que contribui para o enriquecimento do currículo deles”, disse Andrea Andrade.

O coordenador do curso de Direito da Faculdade Joaquim Nabuco, Diogo Ramos, comemorou a visita da equipe do Judiciário à instituição para o lançamento da iniciativa. “A gente recebe esse projeto com grande satisfação. Há tempos que os nossos alunos buscam novas possibilidades de conectar a teoria com a realidade prática”, afirmou.

A adesão ao projeto acontecerá mediante a celebração de convênio entre as instituições de ensino com o Tribunal de Justiça de Pernambuco. Com início previsto para o dia 1° de fevereiro, caso necessitem de voluntários para unidades judiciais ou administrativas, os magistrados e os gestores deverão enviar e-mail para a Gerência do Serviço Voluntário, informando qual o curso e o horário solicitado. O servidor ou magistrado será o orientador, cujo nome deverá constar no termo de adesão. A instituição de ensino seleciona o estudante e o professor que irá fazer o acompanhamento da frequência e a avaliação do estudante.

A carga horária será de três horas diárias. Ao término do período de exercício das atividades, o estudante receberá o certificado de participação voluntária, emitido pela Secretaria de Gestão de Pessoas, contendo o local e a duração do voluntariado.
.............................................................................................................
Texto: Marília Ferreira |  Ascom TJPE
Foto : Alesson Freitas  |  Agência Rodrigo Moreira