Últimas Notícias em destaque

Voltar

TJPE promove lançamento de livro jurídico com música e poesia do Alto do Pajeú

Livro do juiz aposentado Adeíldo Nunes aborda a Lei de Execução Penal

Juiz aposentado Adeíldo Nunes fala à plateia
Livro do juiz aposentado Adeíldo Nunes foi lançada no Palácio da Justiça de Pernambuco
 
A solenidade de lançamento do livro "Comentários à Lei de Execução Penal", de autoria do juiz aposentado, advogado criminalista e presidente do Instituto Brasileiro de Ciências Jurídicas e Sociais (IBCJUS), Adeíldo Nunes, reuniu magistrados, juízes, acadêmicos e estudantes das Ciências Criminais em noite de autógrafos. O evento foi realizado no Salão Nobre do Palácio da Justiça, no Recife, em 8 de novembro. Confira mais fotos no Flickr do Judiciário de Pernambuco.
 
O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Leopoldo Raposo, parabenizou o escritor e destacou a pertinência de sua obra em relação ao momento atual do sistema prisional no Brasil. "Nós, presidentes de Tribunais, estamos participando de reuniões mensais com a Presidência do Supremo Tribunal Federal em que as condições da maioria de nossos presos é tema recorrente. Nesse contexto, o livro de Adeíldo Nunes sobre o sistema prisional é de suma importância, pois vai subsidiar operadores do Direito e órgãos judiciais no enfrentamento da problemática."
 
Desembargador Leopoldo Raposo confere livro junto ao seu autor
 
Em seu discurso, Adeíldo Nunes saudou a todos, citando a presença do advogado e professor Roque de Brito Alves e agradeceu ao desembargador Leopoldo Raposo, sua família, magistrados e servidores por todo o apoio recebido. "Agradeço com muita alegria por estar de volta a esse Tribunal, que nunca deixou de ser a minha casa."
 
Além do presidente do TJPE, também saudaram o autor o desembargador Mauro Alencar, o irmão do autor e juiz aposentado de Pernambuco, Ambrósio Agrícola Nunes, e o filho Plínio Nunes. 
 
O evento contou com apresentação de músicos e poetas de São José de Egito, cidade localizada no sertão de Pernambuco. A cantora Bia Marinho, acompanhada pelos músicos e filhos Greg (violão) e Miguel (pandeiro), interpretou as músicas Fascinação, composta por Dick Manning, e Cantilena, de Vital Farias. 
 
Solenidade contou com apresentações culturais no Salão Nobre do Palácio da Justiça
 
O poeta Antônio Marinho declamou versos em homenagem a Adeíldo Nunes, enquanto juiz e autor de poesia também, remetendo à cultura sertaneja do Alto do Pajeú. Na região, localiza-se Teixeira, cidade da Paraíba onde Nunes nasceu. 
 
Autor – Em 408 páginas, o livro "Comentários à Lei de Execução Penal" trata do fenômeno da ressocialização de presos, seus direitos e deveres, a disciplina prisional, além de analisar o sistema prisional brasileiro, seus problemas e soluções. 
 
A partir de segunda-feira (14/11), a obra, lançamento da Editora Forense, estará disponível nas grandes livrarias do ramo no Brasil, bem como nas cidades de Lisboa e Porto, em Portugal. O livro será bibliografia da cadeira de Direito Penal da Universidade de São Paulo (USP), por indicação do professor da cátedra, Sérgio Salomão. 
 
Breve Currículo – Adeíldo Nunes atuou como juiz de Direito estadual de 1990 a 2012. O magistrado também compôs o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária de 2009 a 2011. Entre os títulos acadêmicos, está o de doutor e mestre em Direito pela Universidade Lusíada de Lisboa. Atualmente, leciona na Centro Universitário Maurício de Nassau. Nunes também é advogado criminalista.
 
O autor da obra, até aqui, escreveu três livros jurídicos na área das Ciências Criminais: A Realidade das Prisões Brasileiras, de 2005; Execução da Pena e da Medida de Segurança; e Da Execução Penal, ambos de 2012.
.............................................................................................
Texto: Izabela Raposo | Ascom TJPE
Fotos: Alesson Freitas | Ascom TJPE