Notícias

Voltar

TJPE realiza Cine Debate para celebrar Dia Internacional da Mulher Negra, Latinoamericana e Caribenha

Exibição do documentário Cinderelas, Lobos e um Príncipe Encantado foi seguida de debate, que contou com a participação de alunos da Escola Estadual Vidal de Negreiros

 

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Negra, Latinoamericana e Caribenha, celebrado no dia 25 de julho, o Memorial da Justiça do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) promoveu nesta terça-feira (28/7), às 14h, a exibição do documentário Cinderelas, Lobos e um Príncipe Encantado, de Joel Zito Araújo. A atividade foi seguida por um debate que analisou a maneira como a sociedade vê a mulher negra, abordando também o turismo sexual no Brasil. O encontro contou com a presença de estudantes da Escola Estadual Vidal de Negreiros, do bairro de Afogados.

A coordenadora do Núcleo Educativo do Memorial da Justiça, Gabriela Severien, reforçou que este encontro é muito importante para que todos pensem sobre esta realidade. "Esperamos alertar os jovens, que são a maior parte do público deste encontro, da necessidade de se manter atento e não cair nesta rede de tráfico que existe. Além disso, é essencial que a gente difunda estas questões para fortalecer o combate tanto à exploração sexual quanto ao preconceito", reforçou.

Mediando o Cine Debate, a gerente geral de Relações Intersetoriais da Secretaria da Mulher do Recife, Elizabeth Severien, explicou a necessidade de se pensar no racismo camuflado que existe em nossa sociedade. "Este encontro é um despertar para que todos vejam que há racismo sim, mas que ele é, muitas vezes, velado. Precisamos desconstruir esta questão e o dia 25 de julho é justamente a data em que celebramos a luta destas mulheres".

A mediadora ainda afirmou que o documentário não era bonito de se ver, mas que era preciso entender e analisar o preconceito. "Este filme mostra uma realidade cruel, mas é muito importante para que a gente pense na situação do nosso país, no nosso futuro."
O evento foi realizado em parceria com a Secretaria da Mulher do Recife e o documentário também será exibido no Espaço Caixa Cultura Recife no dia 1º de agosto.

......................................................................................................

Texto: Ruan Samarone | Ascom TJPE

Foto: Anderson Freitas |Agência Rodrigo Moreira