Notícias

Voltar

Vara da Infância e Juventude de Jaboatão promove palestras para marcar o Mês Nacional da Adoção

Juíza faz apresentação sobre adoção em centro de compras

O evento acontece no corredor da Le Biscuit, no Shopping Guararapes, nesta sexta-feira (5/5)

Para comemorar o Mês Nacional da Adoção, a Vara da Infância e Juventude de Jaboatão em parceria com a Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJ) do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) promove uma série de palestras temáticas nesta sexta-feira (5/5). A ação, que começou na quinta-feira (4/5), está inserida na programação especial dedicada ao Dia das Mães promovida pelo Shopping Guararapes. O evento acontece no corredor da Le Biscuit, no Shopping.

A juíza titular da Vara da Infância e Juventude da Comarca de Jaboatão dos Guararapes, Christiana Caribé, abordou os procedimentos para a adoção. “Estão sendo tratados os conceitos básicos numa linguagem dirigida à população para esclarecer as dúvidas sobre o Cadastro Nacional de Adoção”, afirmou.

A magistrada destaca que entre os assuntos discutidos também estão a destituição do poder familiar e a importância da regularização das adoções que são feitas de forma direta. “É preciso desestimular esse tipo de adoção, na qual a genitora entrega a criança diretamente a pessoa que não mantém vínculo de afetividade e parentesco, o que gera uma situação de insegurança tanto para o casal quanto para a criança. A adoção legal via Cadastro Nacional de Adoção é um procedimento seguro, rápido e respaldado pela Justiça".

O coordenador do Programa Acolher, o psicólogo Paulo Teixeira, falou sobre o trabalho desenvolvido pelo Programa Acolher ao prestar apoio jurídico e psicossocial. “O Programa Acolher do TJPE recebe mulheres que desejam entregar seus filhos à adoção de maneira responsável, a partir do encaminhamento para a Vara. Com a palestra, esperamos sensibilizar quanto a compreensão da realidade vivenciada por essas mulheres. Há muito preconceito e estigma, desse modo, precisamos desmistificar o ato de entregar a criança para adoção, já que é uma escolha realizada em benefício da criança".

No encontro, também foi possível ouvir depoimentos de casais que já adotaram filhos e compartilharam com os presentes como foi a experiência, as dúvidas e as questões que superaram ao longo do processo de adoção. Ao final, foram distribuídos materiais de divulgação do Programa Acolher e informativos sobre adoção.

...................................................................................................
Texto: Marília Ferreira | Ascom TJPE
Revisão : Ivone Veloso  | Ascom TJPE
Foto: Jean Oliveira | Agência Rodrigo Moreira