Notícias

Voltar

Helena Caúlas Reis recebe título de Cidadã recifense

No evento, o 1º vice-presidente do TJPE, desembargador Cândido Saraiva; o presidente do TRF5, desembargador Manoel Erhardt; a homenageada Helena Caúla, e o presidente do TJPE, desembargador Adaberto de Oliveira Melo

Primeira mulher a ocupar o cargo de desembargadora do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), Helena Caúla Reis, recebeu o título de Cidadã do Recife na manhã desta quarta-feira (20/6), no Plenário da Câmara Municipal. A proposição foi do vereador Jayme Asfora. Participaram da cerimônia, o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, desembargador Adalberto de Oliveira Melo, e o 1º vice-presidente do Judiciário estadual, desembargador Cândido Saraiva.

Na proposição para conceder o título a Helena Caúla Reis foi destacada a sua trajetória profissional na magistratura e no ensino. “A homenageada é uma personalidade brilhante no Judiciário, além de ter sido uma excelente educadora. Merece todas as honras e o título de Cidadã recifense”, afirmou o vereador Jayme Asfora.

Em seu discurso de agradecimento, Helena Caúla lembrou do primeiro momento que chegou ao Recife. “Meus familiares vieram para a capital pernambucana primeiro e ainda lembro a alegria de revê-los. Desde que vim pra cá nunca mais morei em outra cidade. Mesmo quando fui promotora de Justiça de outros locais, ficava morando no Recife”, destacou.

A entrega do título de Cidadão do Recife, aconteceu nesta quarta (20/6) no Plenário da Câmara Municipal

Em suas memórias afetivas associadas ao Recife estão as matinês do Cine Torre; os bondes que faziam a linha várzea – 13 de maio e que necessariamente passava pela Torre; e uma lanchonete nesse bairro, onde funciona um salão de beleza. Foi nesse salão de beleza que ela se preparou para vir receber o título. “As memórias do passado me acompanham”, disse.  

Currículo – Nascida em Fortaleza, no Ceará, Helena Caúlas chegou ao Recife em 1952, aos 12 anos de idade. Mais conhecida como primeira desembargadora do TJPE, ela foi pioneira em outras atividades, sendo também a primeira perita criminal do Estado, a primeira procuradora de Justiça do Ministério Público de Pernambuco e a primeira diretora pró tempore da Faculdade de Direito de Pernambuco. Helena iniciou a carreira no Judiciário em 1959 como datilógrafa e depois como oficial de justiça judiciária concursada. Ingressou no Ministério Público em 1974. Em 1993, foi promovida à procuradora de justiça, por critério de merecimento. No dia 13 de agosto de 2001, assumiu o cargo de desembargadora no TJPE, na vaga reservada ao quinto constitucional.

......................................................................................................................................................

Texto: Ivone Veloso  - Com informações da Câmara Municipal do Recife
Fotos: Assis Lima |  Ascom TJPE – Anderson Barros |  Ascom Câmara Municipal do Recife