Últimas Notícias em destaque Últimas Notícias em destaque

Voltar

3ª Vara do Tribunal do Júri da Capital retoma julgamentos presenciais em plenário

Imagem de realização de sessão presencial da Terceira Vara do Tribunal do Júri da Capital

A 3ª Vara do Tribunal do Júri do Recife retomou, na última segunda-feira (12/07), os julgamentos em plenário de forma presencial, com a realização de um júri que teve 14 horas de duração. Devido à pandemia do novo coronavírus, as sessões de julgamento presenciais estavam suspensas. O Ato Conjunto nº 24/2021 autorizou a retomada das sessões. O julgamento foi presidido pela juíza de Direito Gisele Resende e terminou às 22h45. Os dois réus foram condenados, cada um, a pena privativa de liberdade por 40 anos, pelos crimes de homicídio, tentativa de homicídio e latrocínio. O julgamento aconteceu no Fórum Thomaz de Aquino.

Nesta quarta-feira (14/07), em um novo júri popular, os juízes Gisele Resende e Aberides Niceas de Albuquerque Filho e os servidores da Vara prestaram homenagem ao oficial de justiça José Alves Malafaia, falecido no dia 24 de junho. O Ministério Público foi representado pelo promotor de Justiça, Antônio Augusto de Arrochelas Macedo Filho. Os advogados dos réus, os representantes do Ministério Público, os magistrados e os servidores seguiram todas as regras de segurança.

O servidor ho

Durante o júri desta quarta foi feita uma homenagem ao oficial de justiça José Alves Malafaia, falecido no dia 24 de junho

“Nossa expectativa é realizar três júris por semana, porque estamos compartilhando o plenário com a equipe da 1ª Vara do Júri da Capital, devido a reformas no Fórum”, informa a juíza Gisele Resende.

Nesta fase da retomada gradual das atividades presenciais no Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), a 3ª Vara do Tribunal do Júri do Recife vai manter as medidas de prevenção ao contágio pela Covid-19. Será exigido o uso obrigatório de máscaras. Haverá a aferição da temperatura das pessoas envolvidas nos trabalhos em plenário. E será mantida a observância ao distanciamento social. Na plateia, serão permitidos apenas três parentes da vítima e três parentes de cada acusado. É vedada a presença do público em geral.

...........................................................................
Texto: Bruno Brito | Ascom TJPE
Fotos: Cortesia