Últimas Notícias em destaque

Voltar

Casamento coletivo celebra união de 12 casais no Bongi

O casal José Lauriano de Lima Filho e Ângela Maria Ferreira foi um dos que disse "sim"

O casal José Lauriano de Lima Filho e Ângela Maria Ferreira foi um dos que disse "sim"

A Casa de Justiça e Cidadania do Tribunal de Justiça de Pernambuco (CJC/TJPE), unidade do Bairro do Bongi, sediou a celebração de um casamento coletivo na manhã de quarta-feira (6/12). A solenidade foi prestigiada pelo presidente do Judiciário estadual, desembargador Leopoldo Raposo, e oficializou a união de 12 casais da referida comunidade.

O casamento coletivo foi celebrado pelo juiz de direito da 7ª Vara de Família e Registro Civil do Recife, Paulo Romero de Sá Araújo, e coordenado pelo Núcleo Permanente de Resolução de Conflitos (Nupemec), com apoio da Associação dos Cônjuges de Magistrados do Estado de Pernambuco (Acmepe). A cerimônia foi acompanhada pelos familiares e amigos dos casais, que tiveram os custos da documentação cartorária subsidiados pelo TJPE.

O casal José Lauriano de Lima Filho e Ângela Maria Ferreira, pais de dois filhos, e com 25 anos de união, declararam-se muito felizes com a oportunidade de oficializar a relação. “Surgiu esta chance na Casa de Justiça, e, como estamos sem recursos no momento, aproveitamos a ocasião para oficializar o nosso relacionamento. O Tribunal de Justiça está de parabéns por esta ação maravilhosa”, disse José Lauriano.

A abertura oficial do evento foi realizada pelo presidente do TJPE. “Nós, do Tribunal de Justiça, estamos muito satisfeitos em realizar esta cerimônia. Aproximar o Judiciário das comunidades é a nossa missão. O TJPE se sente feliz por fortalecer, neste evento, as relações através do casamento”, afirmou o chefe do Poder Judiciário estadual.

Casal faz foto oficial segurando certidão de casamento

Doze casais participaram de cerimônia realizada na Casa de Justiça e Cidadania do Bongi

Ao celebrar a união civil dos casais do Bongi, o juiz Paulo Romero demonstrou satisfação com a realização do evento e ainda aproveitou a oportunidade para orientar os recém-casados. “É sempre uma felicidade realizar casamentos na comunidade. Aproveito para lembrar aos casais que casamento não significa título de propriedade. Não somos felizes quando temos a nossa liberdade cerceada nem quando limitamos a liberdade do outro. Respeito é fundamental”, observou o magistrado.

Também estiveram presentes na ocasião, a diretora do Nupemec, Vivian Tavares; a gerente de Apoio e Desenvolvimento às Casas da Justiça e Cidadania do Judiciário pernambucano, Djanira Carneiro da Cunha; a conciliadora Ana Flávia Macedo; e a equipe da Casa de Justiça e Cidadania do Bongi, composta pela psicóloga Christiane Chaves, pela advogada Ana Carolina Batista e pela coordenadora Jaqueline Lucena Caldas.  

Coque – O Nupemec do TJPE vai promover um casamento coletivo na  Casa de Justiça e Cidadania do Coque, no dia 19 de dezembro. A ação conta com a inscrição de 80 casais. O evento será realizado no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, Ilha Joana Bezerra, no Recife, a partir das 10h, e terá como celebrante a juíza da 5ª Vara da Família do Recife, Wilka Vilela.
................................................................................................................
Texto: Micarla Xavier | Ascom TJPE
Foto: Alesson Freitas | Agência Rodrigo Moreira