Últimas Notícias em destaque

Voltar

Inscrições para casamento coletivo podem ser feitas até a quarta-feira (19/4)

Noiva coloca aliança em mão de noivo

Até o momento, 65 casais se inscreveram para participar da cerimônia

O casamento coletivo promovido pela Casa da Justiça e Cidadania do Tribunal de Justiça de Pernambuco (CJC/TJPE) está com inscrições abertas até esta quarta-feira (19/4). Será a sexta edição da celebração de casamento coletivo. Até o momento, 65 casais já se inscreveram. Relembre AQUI a última cerimônia, realizada em dezembro, para mais de cem casais.

Após entrega da documentação na CJC, é necessária a disponibilidade do casal para comparecimento no 3º Cartório de Registro Civil do Recife, nesta quinta-feira (20/4), para a emissão da certidão de casamento, que atualmente custa 220 reais e será custeada pelo TJPE. O documento será entregue durante a cerimônia do casamento coletivo, que acontecerá no dia 30 maio, no Fórum do Recife.

Leia mais: Casamento comunitário oficializa união de 30 casais em Nazaré da Mata
                                  
A ação é realizada pela CJC do Coque. Portanto, é requisito para a participação que ao menos um dos noivos seja morador da comunidade. Para se inscrever, são necessárias a certidão de nascimento original, os comprovantes de residência, além de cópias do RG e CPF dos noivos e de duas testemunhas. A documentação deve ser entregue na sede da Casa de Justiça, localizada na rua Cabo Eutrópio, 178, no Recife. Aos divorciados, é necessária também a apresentação da original do registro do divórcio e as cópias da sentença do divórcio.

A solenidade será celebrada pela juíza de Direito da 5ª Vara de Família e Registro Civil da Comarca do Recife, Wilka Pinto Vilela, no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, na Capital. Na celebração, haverá a apresentação da Orquestra Criança Cidadã. 

Serviço – Prevista no artigo 15 da Resolução nº 222/2007 do TJPE, a Casa de Justiça e Cidadania é uma unidade multifuncional que visa a promover ações voltadas à efetiva participação do cidadão e da comunidade na solução de seus problemas, além de aproximar o Poder Judiciário da sociedade. O Núcleo de Apoio e Desenvolvimento das Casas da Justiça e Cidadania é vinculado ao Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec).
...............................................................................................
Texto: Marília Ferreira | Ascom TJPE
Foto: Alesson Freitas | Agência Rodrigo Moreira