Últimas Notícias em destaque Últimas Notícias em destaque

Voltar

Novos espaços são inaugurados no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano

Presidente do TJPE descerrando a placa de inauguração com integrantes da instituição
Presidente do TJPE, desembargador Fernando Cerqueira, inaugura novos espaços no Fórum Des. Rodolfo Aureliano 

O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Fernando Cerqueira, inaugurou, nesta quarta-feira (4/8), os novos espaços no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano. As mudanças foram realizadas no primeiro andar, onde foi criada a Sala da Coordenadoria Estadual da Família, e no térreo, no Posto Médico, no Polo de Plantões Judiciais e na Sala de Audiência e Custódia. A escadaria principal, que estava desativada, e o pátio externo do local também foram reformados. Confira as fotos.

No seu discurso, o chefe do Judiciário destacou o empenho da sua equipe para a realização das alterações no local e a visão da diretora do Foro da Capital, juíza Paula Malta. “O aproveitamento de áreas, para que torne possível a racionalização da mobilidade dentro do prédio, é extremamente importante”, afirmou. O desembargador também externou sua felicidade em participar deste momento. “Este fórum começou à época do desembargador Valdemar Lins, quando foi feito o concurso do projeto arquitetônico. Foi construído durante a gestão do desembargador Etério Galvão e concluído na administração seguinte, de desembargador Nildo Nery, quando atuei como juiz auxiliar da Presidência. Eu participei deste Fórum nos preparativos em relação ao terreno, ao concurso do projeto, à licitação e na conclusão da obra, quando ele foi ocupado”, explicou.

O Posto Médico localizado anteriormente no estacionamento destinado a magistradas e magistrados foi deslocado para o Setor de Autoantendimento/Polo de Serviços, onde ficava a sala da Defensoria Pública. Com a mudança, o local ficou mais amplo e mais acessível. A diretora de Saúde, Dalva Pascoal, ressaltou o empenho da gestão atual do TJPE e da diretora do Foro. “Eu agradeço o compromisso e a dedicação para a identificação do espaço e a sua adequação para que estivesse de acordo com as nossas necessidades”, disse.

Posto médico
O Posto Médico foi um dos ambientes que sofreram mudanças

Já onde era situado o Posto Médico, encontram-se as Salas de Plantão Criminal e de Audiência e Custódia. Graças às mudanças, os locais estão próximos à Assessoria Policial Militar e Civil (APMC/TJPE) e à Central de Penas Alternativas de Pernambuco (Ceapa), facilitando a logística das unidades judiciárias e promovendo uma maior segurança. “Nossas dificuldades físicas eram grandes, a mudança nos proporcionou um local adequado” afirmou a juíza da Central de Custódia da Capital, Ane de Sena Lins. A sala de Plantão Cível também está localizada no pavimento térreo, próxima a do Plantão Criminal, onde formam o Polo de Plantões Judiciários.

No primeiro andar foi criada a Sala da Coordenadoria Estadual da Família. O local é o resultado da readequação do espaço de três Varas de Família, possível devido à digitalização dos processos físicos. Assim como nos outros lugares, no seu discurso, a diretora do Foro da Capital, juíza Paula Malta, agradeceu o empenho de todos na realização das mudanças e falou sobre a importância do trabalho desenvolvido. “Nós prestamos um bom serviço à sociedade quando nos empenhamos em criar espaços onde as pessoas possam crescer. Eu espero que nós consigamos modificar a visão que as pessoas têm do Judiciário. É na família que começam todos os conflitos. Que nós possamos evitar que alguns casos cheguem à Infância e Juventude, acolhendo e trabalhando com essa família”, disse a diretora do Foro emocionada.

O coordenador estadual da Família, desembargador Humberto Vasconcelos, esteve presente na solenidade de inauguração e também falou sobre o assunto. “A família bem estruturada e harmonizada, preventivamente e curativamente, diminui muito a incidência na área da Infância e Juventude. O grande sentido da família é harmonia”, afirmou. Ele destacou o sonho idealizado pela juíza Paula Malta e pela coordenadoria. “Nós temos um grande propósito: construir um Fórum de Família com a Casa da Família, adaptando ela a todas as consequências da atuação”, disse o desembargador.

O Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano está localizado na avenida Desembargador Guerra Barreto, s/nº, na Ilha Joana Bezerra. O local possui 43 mil m², distribuídos em seis pavimentos. Seu projeto foi baseado na arquitetura da Roma Antiga. 

..................................................
Texto: Cláudia Franco | Ascom TJPE
Fotos: Armando Artoni | Produções K9