Últimas Notícias em destaque Últimas Notícias em destaque

Voltar

Programa Mãos EmPENHAdas do TJPE participa de feira de beleza

Equipe da Coordenadoria da Mulher no Estado durante evento no Shopping Riomar

Equipe da Coordenadoria da Mulher do TJPE durante evento de divulgação do Programa Mãos EmPENHAdas 

Com o objetivo de divulgar o Programa Mãos EmPENHAdas Contra a Violência do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), colaboradoras da Coordenadoria da Mulher estiveram presentes no 1º Outlet da Beleza, realizado no Shopping RioMar. A feira reuniu cerca de 50 expositores, entre representantes e revendedores, do segmento e recebeu profissionais da área e o público em geral. No local, foram distribuídos panfletos sobre o programa e sobre a violência contra a mulher e, antes das palestras, foi exibido um vídeo sobre o assunto com a coordenadora da Mulher do TJPE, desembargadora Daisy Andrade.

Na tarde desta terça-feira (20/7), a desembargadora participou do evento, que contou com a parceria do Sebrae-PE, e falou sobre a iniciativa. “O programa foi desenvolvido com o objetivo de chegar junto aos profissionais da beleza para dar capacitações relacionadas ao combate da violência contra a mulher. Estar num evento como esse se torna de uma relevância muito grande para que todos possam ter conhecimento da importância de se engajar num projeto dessa natureza”, explicou. O programa atua tanto nos salões de beleza quanto nas barbearias.

O cabelereiro e barbeiro, Hélio Júnior, foi um dos profissionais presentes no evento e aprovou a iniciativa. “Muitas mulheres têm medo de falar. O salão pode se unir a esse projeto para apoiá-las. Além de cuidar da beleza, podemos ajudar a proteger contra a violência tanto doméstica quanto nas empresas”, afirmou. Para Denis Diniz, da Autonor Empreendimentos, empresa responsável pela organização do outlet, é muito importante fazer esse trabalho preventivo e multiplicar essas informações, contribuindo para que muitas mulheres percam o medo de fazer a denúncia. De acordo com Denis, 90% do público do evento são de pessoas do sexo feminino que trabalham em salão de beleza.

Apesar de não trabalhar no segmento, Bruna Américo, visitou a feira. Ela, que já presenciou cenas de violência contra a mulher, chamou a atenção para a necessidade da mudança de paradigma. “As pessoas têm que começar a pensar diferente sobre aquela situação que estão vendo e não achar que é normal. É nosso dever como cidadão e como ser humano interferir nessa situação”, disse.

O programa Mãos EmPENHAdas Contra a Violência no TJPE teve início em agosto de 2019 e se espelhou na iniciativa, de mesmo nome, lançada pelo Poder Judiciário do Mato Grosso do Sul. Os estabelecimentos pernambucanos que aderem ao projeto recebem um “Selo” de identificação da parceria. A iniciativa possui o apoio do Instituto Maria da Penha e do SinBeleza Pernambuco. 

..........................................................................................
Texto: Cláudia Franco | Ascom TJPE
Foto: Armando Artoni | Produções K9